quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Mensagem de Feliz Ano Novo



Amanhã é o último dia do ano de 2008.

E depois da meia-noite, virá o Ano Novo.
O engraçado é que - teoricamente - continua tudo igual...
Ainda seremos os mesmos.
Ainda teremos os mesmos amigos.
Alguns o mesmo emprego.
O mesmo parceiro (a).
As mesmas dívidas (emocionais e/ou financeiras).
Ainda seremos fruto das escolhas que fizemos durante a vida.
Ainda seremos as mesmas pessoas que fomos este ano.
A diferença, a sutil diferença, é que quando o relógio nos avisar que é
meia-noite, do dia 31 de dezembro de 2008, teremos um ano inteiro pela frente!
Um ano novinho em folha! Como uma página de papel em branco, esperando pelo que iremos escrever.
Um ano para começarmos o que ainda não tivemos força de vontade, coragem ou fé...
Um ano para perdoarmos um erro, um ano para sermos perdoados dos nossos...
365 dias para fazermos o que quisermos.
Sempre há uma escolha...
E, exatamente por isso, que o desejo de todos é que façam as melhores escolhas que puderem.

Agradeça por estar vivo e ter sempre mais uma chance para recomeçar.
Agradeça as escolhas, pois certas ou não elas são de cada um.

Quero agradecer aos amigos que eu tenho.
Aos que me 'acompanham' desde muito tempo.
Aos que eu fiz este ano.
Aos que eu escrevo pouco, mas lembro muito.
Aos que eu escrevo muito e falo pouco.
Aos que moram longe e não vejo tanto quanto gostaria.
Aos que moram perto e eu vejo sempre.
Aos que me 'seguram', quando penso que vou cair.
Aos que eu dou a mão, quando me pedem ou quando me parecem um pouco perdidos.
Aos que ganham e perdem.
Aos que me parecem fortes e aos que realmente são.
Aos que me parecem anjos, mas estão aqui e me dão a certeza de que este mundo é mesmo divino.

Vamos COMEÇAR e não Recomeçar...

Ótimas Festas!!!!!

Que no próximo ano todos os nossos obstáculos sejam motivação para a superação de novos desafios!

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Frases ditas na semana (III)



Bom, como não pedi autorização para alguns para escrever as frases e não sei se as pessoas gostariam de vê-las publicadas, seguem as frases sem créditos mesmo. Se os donos quiserem se expor, me avisem que na próxima darei os créditos devidos.

  • Podem me chamar de "ladrão de frases"
  • E começou a colheita do fumo
  • Formatura com 6 turmas de um colégio. Calculem o número de discursos e descubram como está minha paciência
  • Comendo o PIOR mcdonalds da minha vida... Nutri deveria ser proibido por lei de fechar ou tirar férias.
  • Da série "diálogos femininos": "a minha vantagem (ou desvantagem dependendo do ponto de vista) é que eu bebo mas sempre fico consciente"
  • A coisa mais manjada do natal é ressuscitar a música da Simone. A segunda, o famigerado especial do Roberto Carlos
  • A única coisa especial no meu natal vai ser o cheque
  • Pagar 75 reais em um almoço e depois vomitar a noite, great, really great!
  • Calor é legal quando vc tem carro com ar condicionado, hoje entrei no carro com um camisa branca e sai com uma camisa do Vasco!
  • Odeio a mania que alguns têm de marcar reuniões meia hora antes para prejudicar os pontuais.
  • A cada instante da vida estamos mais perto da morte.

Retrospectiva 2008



Durante o ano de 2008, apesar de toda a crise que se passou, consegui realizar várias coisas legais.
Algumas simples, outras maiores, umas caras, outras baratas, mas todas com a sua devida importância.

JANEIRO
  • Pintura da casa. Antes ela era creme, agora é azul (dá-lhe Grêmio)
  • Entrega do primeiro projeto do ano. Um sistema para enviar expirações do Brasil para Miami.
FEVEREIRO
  • Férias em Fortaleza com toda a família. Vale a pena! Gostaria de poder ir novamente este ano
  • Fiz as pazes com meus pais
MARÇO
  • Felipe começou a estudar, bem como a Tassiane continuou
  • Mais um sistema entregue. Um sistema de autenticação única.
ABRIL
  • Um passeio legal em Veranópolis
  • Um passeio legal em Caxias do Sul
MAIO
  • Dia das Mães para a Cris
  • Mais um sistema entregue. Um protótipo de produto de envio de vídeos
JUNHO
  • Aniversário da filha
  • Finalização da primeira safra de fumo
  • Passaporte
  • Visto Americano
  • Viagem à São Paulo
  • Mais um produto entregue. Um sistema de expiração de conteúdo para nova plataforma de CMS
JULHO
  • Esposa parou de trabalhar para ficar cuidando das crianças em casa
  • Um passeio em Gramado para fazer coisas que geralmente não fazemos quando vamos lá em alta-temporada
  • Contratado para voltar a dar aulas, agora no ensino superior
  • Mais um produto entregue. Um sistema para envio de mensagens de apoio aos atletas olímpicos
  • Colocação do piso laminado lá em casa
AGOSTO
  • Pedido do fumo agora no meu nome
  • Dia dos pais
  • Gre-nal da Sul-Americana
  • Compra do roupeiro e estante novas
  • Compra do terreno em Alphaville
SETEMBRO
  • Meu aniversário
  • Compra do quarto das crianças
  • Maratona de programação
OUTUBRO
  • Fiscal nas eleições
  • Mais um produto entregue. Reformulação do sistema de envio de apoio para que pudesse suportar múltiplos eventos
  • Primeira vez que voto para eleger o presidente do Grêmio
  • Compro um video game depois de mais de 10 anos (um Playstation 1 usado, mas que vale muito para a família)
NOVEMBRO
  • Visita ao Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS
  • Aniversário da esposa
  • Aniversário da minha avó
  • Ida ao teatro ver o grupo Tholl
  • Mais um produto entregue. Nova plataforma de entrega de conteúdo.
DEZEMBRO
  • Apresentação de fim-de-ano do colégio das crianças
  • Participação em bancas de Trabalhos de Conclusão de Curso
  • Festa de Fim-de-Ano da empresa com show do Jota Quest
  • Idas à chácara
  • Natal em Família
  • Aniversário do filho
  • Início da colheita do fumo
  • Festa de Ano Novo em família

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Música de Segunda - Pato Fu - Sobre o Tempo





Tempo, tempo mano velho, falta um tanto ainda eu sei
Pra você correr macio

Tempo, tempo mano velho, falta um tanto ainda eu sei
Pra você correr macio
Como zune um novo sedã

Tempo, tempo, tempo mano velho
Tempo, tempo, tempo mano velho
Vai, vai, vai, vai, vai, vai

Tempo amigo seja legal
Conto contigo pela madrugada
Só me derrube no final

Ah-ah-ah ah-ah
Ah-ah-ah ah-ah

Tempo, tempo mano velho, falta um tanto ainda eu sei
Pra você correr macio
Como zune um novo sedã

Tempo, tempo, tempo mano velho
Tempo, tempo, tempo mano velho
Vai, vai, vai, vai, vai, vai

Tempo amigo seja legal
Conto contigo pela madrugada
Só me derrube no final... oh-oh... oh-oh ah...

Uh... uh... ah au
Uh... uh... ah au
Vai, vai, vai, vai, vai, vai

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

O Espírito do Natal



Resolvi pensar um pouco sobre o que seria o Espírito do Natal, disto saíram vários pensamentos malucos, os quais reproduzo aqui.
O Espírito do Natal é:
  • Desejar Feliz Natal para todo mundo, mesmo sendo o judeu daquela loja de R$1,99 onde tu comprou uns presentes baratos.
  • Dar presentes de R$ 1,99 para um monte de gente.
  • Enfrentar filas longas, caixas estressados, vendedores mais ainda, apenas para ver o filho feliz com um presente enviado pelo Papai Noel.
  • Achar que aquele velho fantasiado de Papai Noel no Shopping é uma boa pessoa o resto do ano.
  • Brigar com alguém que tu não conhece pelo último patinete da loja.
  • Procurar incansavelmente por um Taxi que não existe nem naquele ponto onde ficam 50 taxis parados durante o resto do ano
  • Enfeitar uma árvore com bolas coloridas e algodão para fingir que é neve, mesmo nunca tendo visto neve na vida
  • Carregar sacolas enormes pela rua, morrendo de medo de ser assaltado
  • Ir para o interior visitar a família, sendo esta a mesma idéia de mais de 50% da população da cidade, enfrentando estrada lotada ou filas intermináveis na rodoviária
  • Receber vários e-mails (ou scrap's) com gifs animados e mensagens bonitinhas
  • Ficar 4 horas esperando um peru assar, além de fazer várias piadas sobre a pobre ave que está morta ali no forno
  • Encarar tio/primo/irmao/pai bêbado fazendo um discurso de Natal
  • Separar o outro tio/primo/irmão/pai que brigou o coitado que fez o discurso de Natal
  • Comer arroz com passas, mesmo odiando passas
  • Odiar o presente que ganhou, mas dizer aquela frase: "bah, era exatamente disto que eu estava precisando"
Mas, apesar disto tudo, lembrar que há mais de 2 mil anos um pequeno bebê nasceu e que, 33 anos depois, morreria para salvar os pecados da humanidade.
Um Feliz Natal a todos!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Música de Segunda - Mean Girls - Jingle Bell Rock



Tenham todos um Feliz Natal!



Jingle-bell, jingle-bell, jingle-bell rock,
Jingle bells swing and jingle bells ring.
Snowin' an blowin' up bushels of fun,
Now the jingle hop has begun.

Jingle-bell, jingle-bell, jingle-bell rock,
Jingle bells chime in jingle-bell time.
Dancin' and prancin' in Jingle Bell Square
In the frosty air.

What a bright time, it's the right time
To rock the night away.
Jingle-bell time is a swell time
To go glidin' in a one-horse sleigh.

Giddy-yap jingle horse; pick up your feet;
Jingle around the clock.
Mix and mingle in a jinglin' beat;
That's the jingle-bell rock.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Frases ditas na semana (II)



  • Kit de Fim-de-Ano da empresa merece um Valeu! Red Label, Santa Helena, Prosecco Salton e umas coisas para comer!
  • Grêmio contrata um atacante que fez menos gols do que Marcel, Reinaldo e Perea! Tamo bem arranjado!
  • Trabalhar com alguns sistemas é como ganhar um kinderOvo por dia, ou seja, todo dia uma nova SURPRESA (Vandré Ramos)
  • Arquitetura de Informação NÃO é uma ciência (Bruno Galera)
  • Limpar código salva mais a natureza do que plantar árvores. (Bruno Galera)
  • Pobre só se rala mesmo! (Tatiane Vargas)
  • Gostaria de ter mais respostas hoje em dia, mas não tenho. (Rudá Moura)
  • Odeio toda e qualquer pesquisa que tenha por objetivo prever o futuro da internet. (Juliana Dorneles)
  • Se parece muito fácil é sinal de que será MUITO difícil e demorado. (Juliana Dorneles)

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Como é difícil ser da área de recursos humanos



Analistas de Recursos Humanos é uma das profissões que considero mais difíceis no mundo. Creio que só se compara com recolhedor de lixo, desentupidor de esgoto e advogado.
Isto porque é muito difícil contentar pessoas! Ainda mais se estas pessoas forem funcionários de uma empresa. Neste caso, então, é quase impossível.
O pessoal de RH está sempre tentando fazer da vida dos funcionários mais feliz. Isto porque há uma lenda de que "funcionários felizes são mais produtivos". Uma frase um tanto quanto questionável pois, se o funcionário está feliz, geralmente ele acaba se acomodando.
Por exemplo, o que você acha de uma empresa que:
  • Leva os funcionários para conhecer um museu;
  • Faz um show fechado com um dos melhores grupos de teatro do Brasil;
  • Faz uma festa de fim-de-ano com uma das bandas mais famosas do país;
  • Dá uma cesta de fim-de-ano com panetones, whisky, vinho chileno, espumante e outras coisas para comer;
  • E mais uma cesta de natal com Chester, lombinho e Tender
Possivelmente você diria: "nossa, queria que minha empresa fosse assim" ou ainda "para onde mando meu currículo".
Mas só diz isso quem não está dentro da empresa. Muitos funcionários falam: "nada mais que a obrigação" ou "me fod* o ano inteiro, o mínimo que poderia ganhar era isto" ou, ainda, "acho que vou vender o Johnny Walker para ganhar uma grana"!

Resumindo: é duro a função de contentar funcionários!

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Música de Segunda - Julieta Venegas - Limon Y Sal



Minha falecida avó tinha o nome de "Julieta Viegas", digamos que Julieta Venegas é o "nome espanhol" da minha avó.



Tengo que confesar que a veces
no me gusta tu forma de ser
luego te me desapareces
y no entiendo muy bien por qué

No dices nada romántico
cuando llega el atardecer
te pones de un humor extraño
con cada luna llena al mes

Pero a todo lo demás
le gana lo bueno que me das
solo tenerte cerca
siento que vuelvo a empezar

Yo te quiero con limón y sal,
yo te quiero tal y como estás,
no hace falta cambiarte nada.
Yo te quiero si vienes y si vas,
si subes y si bajas y no estás
seguro de lo que sientes

Tengo que confesarte ahora
nunca creí en la felicidad
a veces algo se le parece
pero es pura casualidad

Luego me vengo a encontrar
con tus ojos me dan algo más
sólo tenerte cerca
siento que vuelvo a empezar

(2x)
Yo te quiero con limón y sal,
yo te quiero tal y como estás,
no hace falta cambiarte nada.
Yo te quiero si vienes y si vas,
si subes y si bajas y no estás
seguro de lo que sientes

Sólo tenerte cerca
siento que vuelvo a empezar

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Elogios legais no final do ano



Uma das grandes coisas que o RH da empresa onde trabalho fez foi um programa de reconhecimento aos colegas.
O programa foi elaborado para que todos possam ter a oportunidade de reconhecer, formalmente, as atitudes que são valorizadas nos colegas, independente de cargo ou área, parabenizando os colegas por alguma atitude positiva.
É muito bom recebê-los! Ajuda a elevar a moral e motiva para que o trabalho continue sendo bem realizado.
Abaixo algumas das mensagens que recebi:
  • És um cara que transmite confiança no que faz. Aprendi muita coisa contigo nos projetos que trabalhamos juntos.
  • Valeu pelas dicas e ajudas ao longo do ano.
  • Acho que tu já é tri-campeão em qualidade e excelência pois todo ano que envio o Valeu, o primeiro vai pra ti!
  • Valeu pelo trabalho e inovação!
  • Sempre buscando novas soluções, tecnologias e/ou melhorias nos projetos em que atua
  • Parabéns por continuar a ser um dos pilares da tecnologia da empresa
  • Valeu pela qualidade do teu serviço e a disposição para ajudar sempre que preciso
  • Valeu pelo ótimo trabalho e pelo compromisso nos projetos!
  • Sei que és muito criativo e te interessas por tudo o que é novo. Tens meu apoio total para, em 2009, tornarmos essas inovações mais reais aqui na empresa
  • Pela ajuda sempre que necessária em assuntos e tecnologias diversas como apoio à equipe. Valeu!
  • Valeu pelas dicas e o compromisso no trabalho
  • Depois de trabalhar contigo nos mesmos projetos, te mando este valeu como um reconhecimento do teu excelente trabalho realizado
  • Por toda a ajuda que já me destes e pelo excelente profissional que és: Parabéns!!!
  • Legal trabalhar contigo e saber que, não importa o que, a solução será implantada com rapidez e qualidade.
  • Valeu e que venha o tri da Libertadores!
O nome do programa de reconhecimento é "Valeu!". Como coloquei antes, é muito bom receber estas manifestações de solidariedade e incentivo. Motiva os funcionários e ajuda a começar bem o próximo ano.
Deste já, meu Valeu! a todos e muito obrigado pelas palavras de apoio.

Segue a dica para que as demais empresas implementem programas de reconhecimento deste tipo. Com certeza o efeito nos funcionários vai ser positivo.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Resumo do Futebol Brasileiro em 2008



Como praticamente não escrevi nada sobre futebol aqui durante o ano, vou escrever um único post comentando tudo o que me interessou nos campeonatos que eu acompanhei.

Gauchão
A maior decepção do Grêmio este ano. Depois de ser o melhor time da primeira-fase do campeonato, caiu para o Juventude em casa (devido ao gol-qualificado) e começou com um inferno-astral de 30 dias sem jogos. Obviamente que ficou fácil para os moranguinhos, que ganharam na final por 8x1 do Juventude com direito a gol do ex-goleiro Clemer.

Copa do Brasil
Outra decepção tricolor. Após meter 6x0 no Grêmio Jaciara, foi eliminado nos pênaltis pelo Atlético/GO que, no fim-do-ano, foi campeão da série C do brasileiro. Moranguinhos foram eliminados pelo Sport também de forma vexatória (3x1 para o Sport após estar ganhando por 1x0). Ao final, o Sport (que eliminou Palmeiras, moranguinhos e Vasco) ganhou do Corinthians e conseguiu o título que eles tinham perdido para o tricolor em 1989. Para variar, um time sem muita expressão nacional ganhou a Copa do Brasil. Aposto que ano que vêm o título vai para o Imperatriz/MA.

Libertadores da América
Cruzeiro, Flamengo, Santos, São Paulo e Fluminense disputaram a Libertadores este ano. Todos eles conseguiram passar para as fases de mata-mata mas acabaram vacilando.
O Flamengo decepcionou mais e, depois de ganhar de 4x2 do América do México lá no México, acabou perdendo por 3x0 em pleno Maracanã e caiu fora nas oitavas-de-final. O Cruzeiro também foi eliminado nesta fase, perdendo duas vezes de 2x1 para o Boca Juniors.
Nas quartas-de-final foi a vez dos paulistas irem embora. O Santos perdeu para o América do México e o São Paulo, depois de ter a vaga quase garantida, acabou perdendo para o Fluminense com um gol do Washington na finaleira do jogo e também deu adeus.
Depois, Fluminense conseguiu eliminar o Boca Juniors na semi-final e foi disputar contra a inexpressiva LDU do Equador. O título estava quase assegurado mas, como era o Fluminense, com Renato Gaúcho, acabaram perdendo o título nos pênaltis e a LDU conquistou seu primeiro título da Libertadores.

Copa Sul-Americana
A "Série-B" da Libertadores foi ganha pelos moranguinhos que, enfim, ganharam um título da segunda-divisão, apesar da maioria dos times terem jogados com os reservas (a Conmebol terá de pensar melhor nesta competição). Depois de passar pelo rival com 2 empates (de novo o Grêmio perde uma vaga pelo saldo-qualificado), eles eliminaram a Universidad Catolica (Chile), Boca Juniors, Chivas (México) e foram disputar a final contra o Estudiantes. Quase perderam o título depois de um grande jogo na Argentina e um jogo ridículo na Beira-do-Lago, mas a estrela do guri-bambi Nilmar falou mais forte e, com um gol muito esquisito, acabou se tornando "campeão de tudo"

Campeonato Brasileiro - Série B
O Corinthians passeou na Série B. Campeão com 17 pontos de vantagem sobre o segundo-colocado, Mano Menezes conseguiu ser bi-campeão da Série B. Subiram também o Santo André (com Marcelinho Carioca), o Avaí e o Grêmio Barueri.
Rebaixados Marília, Criciúma (mesmo com o Jardel), Gama e o CRB.
O Juventude fez fiasco e nem vale a pena comentar.

Campeonato Brasileiro - Série A
O primeiro-turno do campeonato foi do Grêmio. Depois de ficar um mês inteiro treinando, o Grêmio entrou tinindo no brasileiro e fez o melhor aproveitamento de um time no primeiro-turno do campeonato. Depois ficou setembro inteiro sem ganhar um jogo e acabou derrapando no final e perdendo o título merecidamente para o São Paulo. Valeu pela vaga para a Libertadores e por ter ficado, novamente, bem a frente dos moranguinhos.
No campeonato mais feio que já vi (nenhum time encantava neste campeonato), foram para a Libertadores o São Paulo, o Grêmio, o Cruzeiro (que só ficou fora da zona de classificação da Libertadores por uma rodada) e o Palmeiras (que, assim como o Grêmio, fez um campeonato bom no início mas fez feio no final).
Com o prêmio de consolação (a Sul-Americana), ficaram Flamengo (bem-feito, estavam cantando vitória há umas 10 rodadas do final), moranguinhos (18 pontos atrás do Grêmio), Botafogo, Goiás (eles podiam ter ganho do São Paulo, ?!), Coritiba, Vitória (grande campanha do Wagner Mancini), Atlético/MG e Atlético/PR. Ainda está em discussão se ou Sport ou Fluminense vão para a Sul-Americana, devido ao Sport estar na Libertadores.
Os "promovidos" para a série B são Ipatinga (o que eles estavam fazendo na Série A?), Portuguesa, Figueirense e o Vasco da Gama (para garantir que o Pay-Per-View da Série B tenha audiência).

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Música de Segunda - Mana - Manda una señal





Te quiero, si te quiero
Voy andando como fiera tras tus pies, amor
te veo y te deseo pero tu tienes tu dueño y no te puedes zafar

los dias se pasan sin ti,
las noches se alargan sin ti, sin tu amor, sin tus besos

hay, si tuvieras libertad, a tu lado yo estaria amor
hey, dame dame una señal, cuando seas libre mi amor
hay, no lo puedo soportar
no me quiero derrumbar
mandame un mensaje una señal
manda una señal de amor
manda una señal amor

te veo acorralada de unos brazos que no te dejan mover
te deseo y me deseas pero estas muy aprisionada corazon
y no vivire sin tu amor
y no parare hasta tener tu amor y tus besos

hey, estoy viviendo sin vivir
estoy muriendo sin poder morir
hey, dime dime tell me too, cuando seas libre mi amor

hay, no lo puedo soportar
no me quiero derrumbar
mandame un mensaje una señal
mandame tu luz amor
manda una señal amor

vivir, sin ti vivir, estarse muriendo sin morir,
estar, sin ti estar, estarse muriendo sin morir,
amor, donde estaras, manda un mensaje una señal,
y yo, no parare, no vivire sin ti amor... NO!

Frases ditas na semana



Um resumo das frases escritas no Twitter durante a semana passada:
  • Grêmio na Libertadores. Grêmio vice-campeão brasileiro. Missão cumprida.
  • Não acredito em título do Grêmio mas, se ganhar, prometo doar 5 cestas básicas de R$50,00 para os desabrigados de SC.
  • Há dias em que o barulho é insuportável! Preciso achar uma palavra para descrever barulho que é pior que o insuportável!
  • Moranguinhos ainda não são campeões de tudo. Ainda falta a Série B. Quem sabe em 2010?!

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

TV aberta tem futuro?



A TV aberta é um dos principais meios de entretenimento da população brasileira. Apesar de termos quase 6 milhões de usuários de TV por assinatura, ainda não se comparam com 180 milhões de usuários da TV aberta.
Mas a "TV democrática" pouco evoluiu a sua programação nos últimos anos. A Rede Globo continua praticamente com a mesma programação de 20 anos atrás. Basicamente:
  • Programação infantil pela manhã
  • Jornal do meio-dia
  • Novela repetida, vídeo show e a sessão da tarde
  • Novelas até as 22h (com um intervalo para o Jornal da noite)
  • Um seriado/filme ou um programa ligth depois da novela das 22h
Esta fórmula, entretanto, é mantida porque faz sucesso. O público já está acostumado e aceita isto muito bem. Por isto é mantida.
Por isto, resolvi dar uma olhada no que as outras emissoras estão fazendo para tentar ganhar a audiência da Rede Globo (a eterna líder do Ibope) no horário que estou em casa para ver TV (depois das 21h).
Por exemplo, a Record resolveu apostar em seriados para ganhar a audiência dos espectadores após as 22h. Com isto, neste horário ela entra com Life, Ídolos (American Idol), Dr. House (House M.D.), CSI, CSI Miami, Monk, além de "O Aprendiz" (com o grande Roberto Justos). Uma fórmula que dá certo, visto que neste horário o público-alvo aceita bem.
A Band ainda está um pouco atrás disto tudo, mas tem acertado com o CQC nas segundas-feiras que, na minha opinião, é o melhor programa de humor-jornalístico do momento.
O SBT, que nos últimos anos viu sua audiência migrar para a Record, relançou a novela Pantanal e parece que ganhou alguma audiência (não consigo entender ainda o motivo), mas ultimamente a emissora do Baú não consegue inovar. Ou melhor, a única inovação que ela conseguiu foi lançar a pequena Maísa, que fez sucesso apenas após ter as suas gafes publicadas em vídeo no YouTube! e, com isto, ganha a audiência das crianças e dos adolescentes (que acabam gravando o programa para colocar algum vídeo engraçado dela).

Enfim, creio que as opções da TV aberta ainda são poucas. Gostaria muito de ver um bom seriado nacional ser lançado em horário-nobre. Hoje, por enquanto, o único seriado interessante que passa neste horário em formato semanal é "A Grande Família". Será que algum dia teremos uma produção nacional em formato de série que faça o sucesso que as séries americanas fazem?
Será que algum dia teremos, na maior emissora brasileira, uma alteração que retire uma das novelas da noite e passe seriados durante a semana?
Realmente não sei, mas quem sabe alguém não aposte nisto? Talvez isto possa fazer com que uma TV aberta, com um formato novo, possa conquistar e, até, derrubar a Rede Globo!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Música de Segunda - Gilberto Gil - Soy Loco Por Ti América



Sim, eu sei que a música ficou famosa na voz do Caetano Veloso, mas um dos compositores dela é o ex-ministro-maconheiro Gilberto Gil (juntamente com José Carlos Capinan e Torquato Neto).



Composição: Gilberto Gil, Carlos Capinam, Torquato Neto

Soy loco por ti América, voy a traer una mujer playera
Que su nombre sea Marti, que su nombre sea Marti
Soy loco por ti de amores, tenga como colores.
La espuma blanca de Latino-américa, y el cielo como bandera.

Soy loco por ti América, Soy loco por ti de amores.

Sorriso de quase nuvem, os rios canções e o medo,
O corpo cheiro de estrelas. Soy loco por ti de amores.
Como se chama a amante desse país sem nome
Esse tango, esse rancho, esse corpo dizei-me arde
O fogo de conhecê-la.

Soy loco por ti América, Soy loco por ti de amores.

El nombre del hombre muerto ya no se puede decirlo quien sabe
Antes que o dia arrebente
El nombre del hombre muerto
Antes que a definitiva noite se espalhe em latino-américa
El nombre de hombre del hombre es Pueblo.

Soy loco por ti América, Soy loco por ti de amores.

Espero uma manhã que cante, el nombre del hombre muerto
Não sejam palavras tristes
Soy loco por ti de amores
Um poema ainda existe.
Com palmeiras com trincheiras, canções de guerra
Quem sabe canções do mar, ay, hasta te comover

Soy loco por ti América, Soy loco por ti de amores.

Estou aqui de passagem, sei que adiante um dia vou morrer
De susto, de bala ou vício
Num precipício de luzes
Entre saudades, soluços eu vou morrer de bruços
Nos braços, nos olhos
Nos braços d´uma mulher
Mais apaixonado ainda, dentro dos braços da camponesa,
Guerrilheira, manequim, ai de mim,
Nos braços de quem me queira.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Fato curioso sobre o Gauchão 2009



A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) divulgou semana passada a fórmula e a tabela do Gauchão 2009.
O campeonato será disputado no mesmo modelo do Campeonato Carioca: 2 grupos, 2 turnos, o campeão do primeiro turno ganha um troféu, o do segundo ganha outro troféu e, caso os campeões dos 2 turnos sejam diferentes, haverá uma disputa final para ver quem ganha o título de Campeõa Gaúcho.
A curiosidade fica pelo nome do troféu de cada um dos turnos. No primeiro, é a Copa Fernando Carvalho (que já foi ridicularizado por aqui) e o segundo a Copa Fábio Koff. Uma justa homenagem para os presidentes campeões mundiais da dupla Gre-Nal.
Agora, pensem comigo: o Grêmio vai desejar ganhar a Copa Fernando Carvalho? E os moranguinhos? Vão querer ganhar a Copa Fábio Koff?
E se o Grêmio ganhar a Fernando Carvalho, vai colocar o troféu com o nome do principal presidente do rival no museu? Os morangos farão isto com a Fábio Koff?

Realmente, ficou estranha esta coisa!

Sendo um idiota de sucesso



Uma historinha para a terça-feira:

Conta-se que, em uma cidade do interior, um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia.
Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas.

Diariamente eles chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande de 400 réis e outra menor, de 2.000 réis. Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos.
Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos. O tolo respondeu: "Eu sei. Ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda."
Podemos tirar várias conclusões dessa pequena narrativa:
  1. Quem parece idiota, nem sempre é;
  2. Quais eram os verdadeiros idiotas da história?
  3. Se você for ganancioso, acaba estragando sua fonte de renda.
Mas a conclusão mais interessante é:
"A percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito. Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas sim, quem realmente somos. O maior prazer de uma pessoa inteligente é bancar o idiota, diante de um idiota que banca o inteligente".

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Correria de Final de Semestre



A grande maioria das pessoas prefere postergar os seus problemas (ou até mesmo seus compromissos) ao invés de encará-los. É a famosa situação de "deixar tudo para última hora".
O maior exemplo disto são os alunos. Se tem uma tarefa para entregar na segunda, começa a pensar no domingo à noite. Se a prova final é na quinta, estuda na quarta-feira. Se o professor deixa usar uma folha de ajuda, vai fazer ela meia-hora antes da prova.
A grande parte dos meus alunos, por exemplo, deixou para estudar no final do semestre (e estão pagando o preço por isto), enquanto que se fizessem os exercícios que foram passados desde o início, possivelmente teriam um final-de-ano mais feliz.
Além disso, é nesta época que os alunos começam a pensar nos seus direitos acadêmicos! É fato o professor ouvir coisas como:
  • Mas eu sou formando, não posso reprovar (devia ter pensado nisto antes)
  • Se eu for reprovado, vou perder a bolsa (quem tem de manter a bolsa é o aluno, não o professor)
  • Quanto tu quer para me passar? (um apartamento de 250m2 mobiliado, quitado, com impostos pagos até 2136, com uma Ferrari e uma BMW na garagem poderia ajudar)
  • Se o senhor não me passar, vou falar com a coordenação. (Que bom, mas vamos juntos)
  • Sou eu quem pago o teu salário. (Quem paga é a universidade, tu paga é para ela)
  • Eu trabalho a semana toda, estudo à noite e não tenho tempo para fazer os exercícios. (Bem-vindo à vida de 60% dos estudantes. Te acostuma).
Professor sofre nesta época!

Além disso, comum você ouvir, quando vai convidar um amigo para uma festa que ocorre no final dos meses de junho e/ou novembro, ele comentar: "não dá, estou em correria de final do semestre"! Na real, seu amigo ficou 3 meses vagabundeando e fazendo festas ao invés de estudar e, agora, está apavorado para não ter que repetir a disciplina.
As dicas para passar bem o semestre são conhecidas, pena que nem sempre são aplicadas. A seguir cito algumas:
  • Organize um horário para estudar
  • Faça anotações no material de aula (principalmente as dúvidas)
  • Tente fazer os exercícios ainda em sala-de-aula
  • Caso tenha qualquer dúvida, chame o professor.
Claro que, agora em novembro tu só tem de rezar para que tudo tenha dado certo. E é certo que tu vai pensar nisto antes de começar o próximo semestre. O problema, na real, é realmente colocar em prática para que possa curtir sossegado durante o próximo ano.

Música de Segunda - O Rappa - Na Frente do Reto





Composição: Marcos Lobato, Lauro Farias, Marcelo falcão, Xadão

Oh! Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!

O show tá começando
O show tá começando...

Anote tudo que puder
Anote tudo que ver
Não se sabe o que sucede
O que pode acontecer...

Detalhes fazem
Fazem diferença
Detalhes fazem
Toda a diferença
E é bobagem
Já é tarde
Esqueça!...

Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Êh! Êh!
Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Quieto!...

O show tá começando
Ai! Ai! Ai! Ai!
O show tá começando...

De cara inchada
Você ainda enxerga teu vacilo
Se ficou tudo roxo
Teu destino acaba frio
Se foi Deus
Alguém que inventou
Sete ventos de palavra-chave
Não interessa o jogo andou
Você tá no domínio
Agora tá no dominio
Domínio!...

Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Êh! Êh!
Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Quieto!..

O seu banco afundou
Tu foi demais!
Tu rodou, tu rodou...(2x)

Se a noite é calada
O lugar é de fuga
Acabou pro rajá
Vida passou toda junta
Tu não é alemão
Mas parece
Professor do medo
Da dissimulação
É isso mesmo, é cerol
É nós que somos escrotos
Os que fazem o serviço
E todo serviço porco
Praticantes do vício
Tu não viu, nem imagina
Não é vício, não é novela
Não é coisa da China...

Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Quando estivermos
Na Frente do Reto
Fique esperto
Calado e quieto
Quieto!..

O show tá começando
O show tá apenas começando!
O show tá começando
Ai! Ai! Ai! Ai!...

O seu banco afundou
Tu foi demais!
Tu rodou, tu rodou...(2x)

Tu rodou, tu rodou!
Tu rodou, tu rodou!
Tu rodou, tu rodou!
Tu rodou, tu rodou!
Tu rodou, tu rodou!
Tu rodou, tu rodou!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Obsolescência Programada



Estava lendo alguns artigos sobre "obsolescência programada" (ou planejada). Que é o fator de quando uma determinada coisa se tornará ultrapassada.
Na real, é determinar quando algo irá para o lixo porque não serve mais.
As coisas são criadas e planejadas de uma forma que se deteriorem ou fiquem ultrapassadas tão rapidamente que logo tenhamos que comprar novamente.
Este conceito é óbvio em coisas como sacolas ou copos de plástico, mas também verificamos isto desde computadores até canetas (você lembra quando foi que terminou a tinta de uma caneta sua?).

Isto se dá com praticamente todos os bens de consumo. Pesquisas recentes mostram que 99% dos bens consumidos pelos americanos são descartados com menos de 6 meses de uso. Tudo isto para que você tenha que consumir o produto novamente.
As vezes os produtos continuam funcionando perfeitamente, mas a pessoa sente-se mal porque o colega comprou um celular mais novo, o monitor CRT não é tão bonito como um LCD, o carro é mais bonito do que o outro, etc.

Este conceito pode ser o tom entre o sucesso e o fracasso de uma empresa. O quanto uma empresa consegue inovar e alterar os seus produtos para que eles ainda necessitem ser consumidos. Para isto, empresas fazem uma "alteração de layout" em períodos determinados.
Carros podem manter o mesmo motor, mas ter o seu chassis alterado. Computadores que antes eram colocados em gabinetes quadrados e brancos, agora possuem gabinetes "tunados", celulares que servem muito bem para falar, agora falam, tocam música, etc. Quem não tem o último modelo de determinado produto, está ultrapassado.

Quando um produto é acompanhado de uma evolução tecnológica, até podemos admitir que os demais fiquem obsoletos, mas pense bem antes de trocar algum produto seu ou mesmo descartar algo que você usa. O planeta agradece.

P.S.: Texto típico das diversidades de pensamento que eu tenho! :-D

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Musica de Segunda - The Monkees - I'm a Believer





Por Neil Diamond

I thought love was only true in fairy tales
Meant for someone else but not for me.
Love was out to get me
Thats the way it seemed.
Disappointment haunted all my dreams.

Then I saw her face, now Im a believer
Not a trace of doubt in my mind.
Im in love, Im a believer!
I couldnt leave her if I tried.

I thought love was more or less a given thing,
Seems the more I gave the less I got.
Whats the use in tryin?
All you get is pain.
When I needed sunshine I got rain.

Then I saw her face, now Im a believer
Not a trace of doubt in my mind.
Im in love, Im a believer!
I couldnt leave her if I tried.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Richarlyson faz discípulos no inter



Parece que o jogador Richarlyson, do São Paulo (detalhes aqui) fez um discípulo no time dos moranguinhos da beira-rio.
Olha só que meigo o jogador Taysson (será que isto é sina de nomes que terminam com "son"), no aeroporto com o colega Guiñazu e no avião, com o coleguinha Bolívar!


Parece que a Poltrona 36 está fazendo história em outros meios de transporte!

Motivação pessoal para eu mesmo me auto-motivar



Uma das empresas onde trabalho resolveu fazer uma reorganização e, com isto, vários colegas perderam seus empregos. A outra empresa onde trabalho estava em estado de greve devido aos atrasos no pagamento de salários (que já duram 2 meses).
Com isto, devo confessar que passei uma semana meio conturbada. O clima de trabalho nas duas empresas era muito ruim e, com isto, acabei por ficar contaminado, se já é difícil ficar indiferente a uma das situações acima, imagina com as duas. Isto acabou por baixar minha auto-estima e motivação para trabalhar.
Entretanto, como já escrevi muitas vezes aqui no Blog, um profissional não pode deixar que situações como esta o abalem, sobre o risco de ter sua valorização reduzida. Situações deste tipo são as que dividem profissionais bons dos ruins.
Logo, resolvi tomar as seguintes posições:
  • Na empresa onde houve a reorganização, a solução é baixar a cabeça e trabalhar. Claro que fiquei sentido pelos colegas (e, principalmente, pelos amigos) que perderam o emprego, mas a vida continua e, se não quiser ser o próximo, tenho de mostrar o quão o meu trabalho é bem realizado. Peço desculpas aos amigos pelo "egoismo profissional", mas a vida continua e a empresa também.
  • Já na outra empresa, a qual teve greve decretada em uma assembléia na última segunda-feira, apesar de ser solidário nas reivindicações e também ser uma "vítima" do problema que está ocorrendo, decidi não participar da greve e continuar trabalhando. Apesar de greves servirem como instrumentos de pressão, há sempre o risco da empresa ficar tão mal-vista no mercado e acabar por perder os seus clientes. Com isto, os funcionários até podem receber os atrasados, mas não terão a garantia que irão receber os salários futuros. Corro o risco de ser chamado de "fura-greve", mas sou um tanto quanto imune a ofensas, visto que costumo "tirar sarro" de coisas deste tipo.
E é isto, a vida continua e meu trabalho também. Sempre coloquei que temos de defender a empresa onde trabalhamos enquanto estiver nela, e é isto que farei.
E sobre o título do Post, era para ficar ridículo mesmo! :-D

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Música de Segunda - The Turtles - Happy Together



Curiosidade: Happy Together é uma música de 1967, que sucedeu a música "Penny Lane" (by Beatles) no topo da Billboard.

Imagine me and you, I do
I think about you day and night
It's only right
To think about the girl you love
And hold her tight
So happy together

If I should call you up
Invest a dime
And you say you belong to me
And ease my mind
Imagine how the world could be
So very fine
So happy together

I can't see me loving nobody but you
For all my life
When you're with me
Baby the skies will be blue
For all my life

Me and you
And you and me
No matter how they tossed the dice
It had to be
The only one for me is you
And you for me
So happy together

I can't see me loving nobody but you
For all my life
When you're with me
Baby the skies will be blue
For all my life

Me and you
And you and me
No matter how they tossed the dice
It had to be
The only one for me is you
And you for me
So happy together
So happy together
How is the weather
So happy together
We're happy together
So happy together...

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Como Demitir Funcionários



Em tempos de crise, geralmente a primeira coisa que as empresas fazem é cortar despesas. Embora esta prática nem sempre leve a um grande ganho financeiro, a primeira coisa que feita é reduzir o gasto com pessoal, o que leve às demissões.
Não quero entrar no mérito se isto é efetivo e, sim, colocar algumas dicas de como realizar o processo de demissão. Estas dicas foram baseadas na experiência da minha esposa (porque ainda não passei pela situação de ter de demitir alguém) e em alguns posts da Internet.
  • Tenha claro o motivo da demissão.
  • Convoque o demitido para uma reunião. Ela tem de ser curta (cerca de 10 minutos de duração), pois a pessoa geralmente perde a capacidade de raciocínio quando recebe uma notícia destas e não irá mais ouvi-lo.
  • Esta reunião deve ser realizada na primeira hora do dia, antes dele começar a sua rotina de trabalho, em uma sala reservada e sem interrupções. Se possível, tente evitar o contato do demitido com os seus colegas.
  • Prepare-se para administrar a reação emocional do demitido. Se ele se descontrolar e ficar muito irritado, é melhor dizer que o compreende e marcar a reunião (apenas a reunião) para um outro dia. Informe-o sobre o pacote de benefícios e peça para refletir. Não tente discutir, tudo o que você falar servirá de munição para deixá-lo mais nervoso.
  • No caso dele ficar deprimido, procure animá-lo e fale dos benefícios. Demonstre que a empresa não está deixando-o na mão e reconhece o esforço e dedicação durante o período em que ele fez parte da equipe.
  • Tenha sempre em mão todos os cálculos necessários para informar ao demitido. Peça para que ele os anote, pois a primeira coisa que a pessoa faz nesta hora são contas.
  • Importante: faça-o assinar a carta de demissão antes de deixar a sala. Trata-se de um instrumento legal e uma exigência das leis trabalhistas. Isto evita, por exemplo, que o demitido saia do prédio, tenha um acidente de trabalho e, com isto, evite a demissão por conseguir estabilidade após o tempo em que ele estiver "encostado".
  • Esteja pronto para responder a perguntas como: "Posso voltar para a minha sala?" ou "Posso usar a minha secretária para receber recados?", ou ainda "Se surgir uma nova oportunidade dentro da empresa, você me contratará novamente?".
  • Se ele perguntar se pode dar o seu nome como referência, diga que sim, a não ser que a sua empresa adote a política de não dar referências ou você tenha algum problema pessoal com o demitido.
  • Faça um roteiro sobre o que ele deve fazer assim que deixar a sala: ir ao departamento de recursos humanos, voltar para casa ou retornar para seu posto de trabalho. Diga quando e como ele deve limpar as gavetas, quando e como deve devolver materiais da empresa. Lembre-se que o demitido está emocionalmente abalado: abandoná-lo sem nenhuma orientação concreta pode ser perigoso.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Sobre o Silêncio em Ambientes de Trabalho



Não é a toa que um dos riscos ocupacionais determinados pelo INMETRO é o Ruído. Ruídos demasiados têm reflexo em todo o organismo, não apenas ao conjunto auditivo.
Ruídos intensos e permanentes podem causar vários distúrbios, alterando significativamente o humor e a concentração humana.
Quando há o silêncio, todo o trabalho é melhor produzido. As pessoas tem um rendimento maior, o humor melhora, a concentração permite que erremos menos, entre outras coisas.
Por isto, é muito importante fazer o mínimo de barulho em locais de trabalho onde seja necessária a concentração. Não estou dizendo para não conversarem, nem sermos Monges Franciscanos o tempo todo, mas sim em conversar moderadamente, sem alterações no tom de voz e, principalmente, respeitando o trabalho dos outros.
Seguem algumas frases que podem levá-lo a não fazer tanto ruído e não atrapalhar os seus colegas:
  • "Todos os mistérios do homem derivam de não ser capaz de sentar silenciosamente em uma sala isolada" (Blaize Pascal)
  • "O exercício do silêncio é tão importante quanto a arte da palavra" (William James)
  • "Há pessoas silenciosas que são muito mais interessantes que pessoas oradoras" (Benjamin Disraeli)
  • "Poucas pessoas sabem o momento psicologicamente exato de ficarem caladas" (Carlile)
  • "Fique calado e em segurança; o silêncio nunca o trairá" (O'Reilly)
  • "O homem arruína mais as coisas com a palavra do que com o silêncio" (Gandhi)
  • "O som aniquila a grande beleza do silêncio" (Chaplin)

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Música de Segunda - R.E.M. - Losing My Religion





Oh, Life is bigger
It's bigger than you
And you are not me
The lengths that I will go to
The distance in your eyes
Oh no I've said too much
I set it up

(Bridge)
That's me in the corner
That's me in the spot light
Losing my religion
Trying to keep up with you
And I don't know if I can do it
Oh no, I've said too much
I haven't said enough

(Chorus)
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

Every whisper
Of every waking hour
I'm Choosing my confessions
Trying to keep an eye on you
Like a hurt, lost and blinded fool (fool!)
Oh no I've said too much
I set it up

Consider this (2x)
The hint of the century
Consider this
The slip that brought me
To my knees failed
What if all these fantasies
Come flailing around
Now I've said too much

(Chorus)
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

But that was just a dream
That was just a dream

(Bridge)
That's me in the corner
That's me in the spot light
Losing my religion
Trying to keep up with you
And I don't know if I can do it
Oh no, I've said too much
I haven't said enough

(Chorus)
I thought that I heard you laughing
I thought that I heard you sing
I think I thought I saw you try

But that was just a dream
(Try ... cry ... why ... try)
That was just a dream
just a dream, just a dream, dream..

Emoção na Fórmula-1



Depois de muito (e bota muito) tempo, consegui sentir novamente emoção ao assistir um Grande Prêmio de Fórmula-1.
Nas duas últimas voltas do GP do Brasil, enquanto Felipe Massa estava ganhando o título da temporada de forma extraordinária, deu para ouvir os gritos dos vizinhos da mesma forma que ouço os gritos quando acontece um gol do Grêmio.
Entretanto, assim como nos últimos jogos do Grêmio, o final da corrida acabou por mudas todas as expectativas, quando Hamilton conseguiu ultrapassar Timo Glock, 500m antes de acabar a corrida.
Mesmo assim, a esperança de termos para quem torcer no ano que vêm voltaram. Quem sabe o Felipe Massa possa ser um novo campeão?
Como no futebol, após um fracasso, ano que vêm tem mais.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

A importância do Prazo



Estava pensando sobre o quanto é importante colocarmos prazos nos objetivos que temos.
Colocar uma data-limite para um objetivo ou tarefa força a pessoa a tentar cumprir esta data e, por consequência, cumprir o objetivo proposto.
Devemos colocar prazos para:
  • cumprirmos uma tarefa,
  • terminarmos um projeto,
  • juntar um dinheiro,
  • comprar uma casa,
  • ter um filho,
  • comprar um carro,
  • fazer uma viagem,
  • entregar o trabalho da faculdade,
  • construir/comprar a casa própria,
  • tudo que tivermos de fazer durante a nossa vida
Em algumas vezes, o cumprimento do prazo não depende apenas de nós. Nestes casos, devemos fazer com que as outras pessoas possam ajudá-lo a alcançar o objetivo, de modo que não comprometa os prazos pessoais deles.
Outras vezes, não somos nós quem determinamos os nossos prazos. Quando isto acontece, a negociação entre o prazo desejado pela outra pessoa e o nosso prazo deve ser realizada.
E, no pior caso, você depende do prazo que uma outra pessoa deve te dar e não o faz. Meu conselho, neste caso, é não priorizar o objetivo da outra pessoa frente aos teus próprios objetivos.

Questão de prazo e prioridade!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Música de Segunda - Colbie Caillat - Bubbly



Começando a sessão: "Música de Segunda".

Colbie Caillat, Bubbly




Composição: Colbie Caillat / Jason Reeves

Will you count me in?

I've been awake for a while now
you've got me feelin like a child now
cause every time I see your bubbly face
I get the tingles in a silly place

It starts in my toes
and I crinkle my nose
wherever it goes I always know
that you make me smile
please stay for a while now
just take your time
wherever you go

The rain is falling on my window pane
but we are hiding in a safer place
under covers staying safe and warm
you give me feelings that I adore

It start in my toes
make me crinkle my nose
wherever it goes
I always know
that you make me smile
please stay for a while now
just take your time
wherever you go

What am I gonna say,
when you make me feel this way?
I just........mmmmmmmmmmm

and It starts in my toes
makes me crinkle my nose
wherever it goes
I always know
that you make me smile
please stay for a while now
just take your time
wherever you go

I've been asleep for a while now
You tucked me in just like a child now
'Cause every time you hold me in your arms
I'm comfortable enough to feel your warmth

It starts in my soul
And I lose all control
When you kiss my nose
The feeling shows
'Cause you make me smile
Baby just take your time now
Holding me tight...

Wherever, wherever, wherever you go
Wherever, wherever, wherever you go
Wherever you go, always know

'Cause you make me smile
Even just for a while..

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

A Dualidade Gaúcha



O Rio Grande do Sul é um Estado onde o pricípio da dualidade (ou dualismo) reina absoluto.
Dualidade é "o sistema filosófico ou doutrina que admite, como explicação primeira do mundo e da vida, a existência de dois princípios, de duas substâncias ou duas realidades irredutíveis entre si, inconciliáveis, incapazes de síntese final ou de recíproca subordinação."
E não existe um local onde isto seja mais visível que no Rio Grande do Sul.
Neste Estado, as pessoas "devem" ter opinião! Ninguém pode ficar alheio sobre qualquer assunto e, na maioria das vezes, tu pode ser apenas "contra" ou "a favor".
Podemos citar vários exemplos desta dualidade, onde os gaúchos tem de realizar escolhas sobre:
  • Futebol: Grêmio ou inter, Pelotas ou Brasil, Juventude ou Caxias
  • Jornal: Zero-Hora ou Correio do Povo
  • Política: PT ou anti-PT
  • Gramado ou Canela
  • Caxias ou Bento
  • Pelotas ou Rio Grande
  • Maragatos ou Ximangos
  • Farroupilhas ou Federalistas
  • Laçador ou Pôr-do-Sol
Além disso, os defensores de cada uma das opiniões são capazes de realizar discussões homéricas para defender a sua posição, principalmente quando tentam converncer um adversário. Mas, fazer uma pessoa trocas de opinião é impossível, pois gaúchos dificilmente trocam de opinião.
Esta dualidade não chega a ser sempre ruim, pois meio que força as pessoas a se posicionarem sobre qualquer assunto e, para conseguirem ter uma opinião, precisam muitas vezes estudar sobre as duas possibilidades, tornando-as mais cultas.
Com esta dualidade, veio também o lado oposicionista do gaúcho. Gaúcho nunca está satisfeito. Algumas provas:
  • Lula sempre ganhou as eleições no RS, menos quando ele tentou se reeleger
  • Nenhum prefeito foi reeleito em Porto Alegre (talvez Fogaça seja o primeiro)
  • O governador do Estado, na grande maioria das vezes, é de um partido de oposição ao governo federal
  • Tudo que é feito no RS é melhor do que é feito em qualquer outro lugar na Terra.
Isto cria uma identidade cultural única, que faz com que os gaúchos achem que são o melhor povo da terra.
E eu, como gaúcho, também acho isto!

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Professores Gestores



O meu primeiro emprego (tirando estágio) foi como instrutor em uma escola de informática. Após isto, entrei no mercado profissional e só voltei a ser professor em 2005 (como segundo emprego). Depois de uma parada ano passado, voltei ao mundo acadêmico este ano. No final, são apenas 4 anos como professor, mas o suficiente para poder descobrir o quanto um professor deve ser um gestor na sala de aula.
Em uma pesquisa rápida, descobri na Revista Profissão Mestre as características de um Professor-Gestor. Se alterares as palavras "alunos" por "funcionários", "turma" por "equipe" e "escola" por "empresa", verás que não muda muita coisa:
  • Constrói uma imagem positiva de si mesmo, dos alunos e da escola
  • É co-responsável pela captação e fidelização de alunos (novos talentos)
  • Busca atualização em diversas áreas, constantemente
  • Planeja suas ações prevendo as suas conseqüências
  • É pró-ativo
  • Comunica-se bem, mantém todos bem informados sobre o seu trabalho
  • Mantém contato com ex-alunos e outras pessoas interessantes para a escola
  • Estimula e utiliza as tecnologias disponíveis na escola
  • Envolve pais (diretores), alunos e outros professores com os seus projetos para a escola
  • Estabelece com os alunos metas de curto, médio e longo prazo e cria instrumentos para acompanhamento
  • Compreende o ambiente escolar e o cenário interno e externo
  • É participativo e comprometido com a escola e seus alunos
Além disso, no ambiente de sala-de-aula:
  • Contextualiza o ensino
  • Gerencia o tempo e os processos
  • Possui uma postura inter-disciplinar, ou seja, trabalha pautado na realidade e na sociedade que temos
  • Adota metodologia de pesquisa e separa a idéia de competência de conteúdos
  • Promove o trabalho em grupo e com projetos
  • Não traz para os alunos respostas para as perguntas que eles não fizeram e sim formula com eles novas perguntas, incentivando novas descobertas
  • Valoriza os alunos. Sabe que até os "com mais dificuldades" têm características positivas que podem suscitar o recebimento de elogios que melhoram a sua auto-estima
  • Promove a colaboração. Sabe que não é detentor único do saber
  • Reconhece nos conflitos uma oportunidade para o crescimento e amadurecimento da turma
  • Utiliza os meios burocráticos e tradicionais de ensino para facilitar, não para constranger.
Claro que nem todos os professores têm estas características, assim como nem todos os gestores as têm. Entretanto, é necessário buscá-las sempre, para um melhor desempenho da turma e da empresa.

Feliz Dia do Professor!

Sobre Metas e Avaliações de Desempenho



Conversava hoje com um amigo sobre definição de metas e objetivos para empregados.
Comentávamos que muitas empresas definem os objetivos do empregado de uma forma muito errada:
  • Não-mensuráveis: sem uma forma prática de medir o quanto da meta foi atingida
  • Sem prazos: metas que não tem prazo a ser cumprido ou, o que é pior, com um prazo errado
  • Não-funcionais: objetivos sem nenhuma outra função que não seja preencher uma avaliação de desempenho
Sobre este último ponto, vale destacar o que acontece na empresa deste meu amigo.
As metas são semestrais ou anuais. O chefe dele se reune com ele no final de cada avaliação, para que lhe seja dado um feedback sobre o trabalho realizado para cumprir (ou não) cada um dos objetivos propostos.
Além dessa reunião, o chefe dele costuma se reunir a cada 3 meses para verificar o andamento das metas, para que o funcionário saiba se está no caminho certo para atingir o objetivo ou, ainda, dar um puxão-de-orelha para que o objetivo final acabe sendo cumprido.

Comecei a pensar que, quando os gestores tomam este tipo de iniciativa, os funcionários acabam tendo mais motivação, mais respeito pelo seu superior e, ainda, maior noção do que o chefe acha do seu trabalho.
Como já escrevi aqui algumas vezes, um dos principais desafio dos gestores é motivar a sua equipe, e creio que um dos principais pontos para conseguir isto é o diálogo entre o superior e os seus subordinados. Conversas informais ajudam, mas uma conversa formal a cada 3 meses (no máximo), é simplesmente FUNDAMENTAL. Projetos, tarefas, reuniões ou falta de feedback de um superior não é desculpa para que um gestor possa desempenhar esta tarefa, ele não pode esquecer que ele é a cabeça de uma equipe, e corpos-sem-cabeça tendem a ir para rumos diferentes do desejado.
Além disso, uma reunião de feedback não serve apenas para o funcionário, serve também para que o gestor saiba o que os seus comandados acham do trabalho e do comando que ele está realizando.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Ladrões utilizam nosso Santo Nome em vão



Notícia no G1:
Ladrões invadiram uma agência bancária em Três Lagoas (MS) e levaram cerca de R$ 160 mil.
Foram corajosos, levaram tudo apenas usando marreta, pé-de-cabra e chaves-de-fenda.
Entretanto, deixaram o bilhete abaixo:


"Cem arma, cem drogas, cem violência. Agradecemos a preferencia e acima de tudo nossa percistencia. É Nóis".

Apenas para esclarecer, não foi Nois quem realizou este assalto.

domingo, 5 de outubro de 2008

Coisas que acontecem em uma eleição



Após participar como mesário nas eleições 2008, seguem algumas coisas curiosas que vi:
  • O clássico tiozinho que chega tão bêbado que não consegue escrever a assinatura. Nessa hora, manda colocar o dedão na almofada de carimbo e vai assim mesmo!
  • A vó que levou a neta e, enquanto a vó estava tentando lembrar o número do vereador (olhando na lista da seção), a neta resolveu apertar a tecla "Confirma" da urna-eletrônica!
  • Eleitora tentando tirar foto da urna eletrônica com o celular. Peguei o celular dela e apaguei a foto, se bem que ela tirou a foto tão tremida que não dava para ver nada!
  • Candidato que entra na seção com um monte de gente, tentando tirar foto e fazendo bagunça na seção. Coloca todo mundo para fora e acaba com a bagunça que trabalhar no domingo é brabo!
  • Briga de fiscais para ver quem pega o boletim de urna primeiro. Por mim, eles que se matem!
  • Um monte de candidato apertando a tua mão! Lavei bem as mãos após cada um deles!
  • Fiscais brigando porque o outro fiscal cumprimentou um amigo, achando que ele tava fazendo boca-de-urna.
Por estas e outras que acho bem legal ser mesário nas eleições. Além de tudo isto:
  • Dá para ver amigos que não se via há muito tempo
  • Fazer amigos novos
  • Conversar (e aprender) sobre política com gente que vive para isto
  • Ver o esforço que alguns eleitores fazem para votar, apesar de nem sempre os candidatos merecerem
Tá interessado? Clica aqui e espere 2 anos para ser chamado!

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Caído na Calçada



Crônica do David Coimbra publicada hoje no jornal Zero Hora. Muito boa!

"Ontem saí de casa mais cedo do que o normal e a temperatura era amena de primavera e o dia estava amarelo e azul e do som do meu carro se evolava o rock suave da Itapema e eu me sentia realmente bem. Estacionei numa rua quase bucólica do Menino Deus e vi que ali perto um catador de papel puxava sua carrocinha sem pressa.

Era magro e alto, devia andar nas franjas dos 50 anos e tinha a pele luzidia de tão negra. Ao seu lado saltitava um menino de, calculei, uns quatro anos de idade, talvez menos. Devia ser o filho dele, porque o observava com um olhar quente de admiração, como se aquele homem fosse o seu herói. Bem. Ao menos foi o que julguei, certeza não podia ter.

Já ia me afastar quando, por entre as grades da cerca de uma creche próxima, voou um brinquedo de plástico. Um desses robôs cheios de luzes e vozes, que se transformam em nave espacial e prédio de apartamentos, adorado pelas crianças de hoje em dia. Algum garoto devia ter atirado o brinquedo para cima por engano, ou fora uma gracinha sem graça de um amigo. O menino que era dono do brinquedo colou o rosto na grade como se fosse um presidiário, angustiado. O filho do catador de papel correu até a calçada, colheu o robô do chão e não vacilou um segundo: retornou faceiro para junto do pai, o brinquedo na mão, feito um troféu. Olhei para o menino atrás da cerca. Estranhamente, ele não falou nada, não gritou, nem reclamou. Ficou apenas olhando seu brinquedo se afastar na mão do outro, os olhos muito arregalados, a boca aberta de aflição.

Muito orgulhoso, o filhinho do catador de papéis mostrou o brinquedo ao pai. O pai olhou. E fez parar a carrocinha. Largou-a encostada ao meio-fio. Levou a mão calosa à cabeça do filho. E se agachou até que os olhos de ambos ficassem no mesmo nível. A essa altura, eu, estacado no canteiro da rua, não conseguia me mover. Queria ver o desfecho da cena. O pai começou a falar com o menino. Falava devagar, com o olhar grave, mas não parecia nervoso. Explicava algo com paciência e seriedade. O menino abaixou a cabeça, envergonhado, e o pai ergueu-lhe o queixo com os nós do dedo indicador. Falou mais uma ou duas frases, até que o filho balançou a cabeça em concordância. A seguir, o menino saiu correndo em direção à creche. Parou na grade, em frente ao outro garoto. Esticou o braço. E, em silêncio, devolveu-lhe o brinquedo. Voltou correndo para o pai, que lhe enviou um sorriso e levantou a carrocinha outra vez. Seguiram em frente, o pai forcejando, o filho ao lado, agora não saltitante, mas pensativo, concentrado.

Então, tive certeza: aquele olhar com que o menino observara o pai era mesmo de admiração, ele era de fato o seu herói. "

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Boys/Girls on Wheels



Antes de mais nada, quero deixar claro que apoio todas as políticas de inclusão de deficientes físicos e não tenho nada contra algum deles.
Mas que isto aqui ficou engraçado, ah ficou:

Boys On Wheels



Girls On Wheels

Candidatos Famosos a Vereador



Em época de eleição, o que não falta são pessoas que se tornaram famosas por um ou outro motivo que desejam se candidatar a vereador. Alguns exemplos são os candidatos abaixo:

Lacraia - Dançarina(o) que fez sucesso dançando ridicularmente com o funkeiro MC Serginho


Alberto Cowboy - Ex BBB (7)


Adriano Didi - Ex BBB (faz tanto tempo que nem lembro qual)


Enéas Filho - O Filho do Homem. Notem que é a cara do pai!


Sérgio Mallandro - Apresentador infantil de sucesso nos anos 80. Vai abrir a "Porta dos Desesperados" na Câmara de São Paulo


Milena - Em 2006, deixou uma promissora carreira de suplente de vereadora para posar nua. Agora tenta de novo (rezamos para que deixe a carreira de vereadora de lado novamente).


Netinho de Paula - Ex-cantor, ex-apresentador, agressor de esposas, agressor de repórter do Pânico, mano!


Ovelha
- Outro ex-cantor, depois de aparecer cantando de sunga no Pânico (não clique neste link, é deprimente), nada mais natural que tentar ser vereador!


Pit Bitoca - Depois de fazer sucesso junto com Tom Cavalcanti e escrever um blog de tecnologia em um grande portal de internet, agora tenta ser vereador em Taubaté!


Rita Cadillac - Ex-chacretem ex-animadora de presídios. Vereadores também precisam ter a mãe por perto!


Thammy Gretchen - Ex-mulher, filha da rainha do bumbum dos anos 80. Já que a mãe tentou ser prefeita, ela tenta ser vereadora!


Túlio Maravilha - Ex-centroavante. Já chegou a ser goleador do Campeonato Brasileiro. Para quem já jogou no Vila Nova/GO, trabalhar na Câmara de Vereadores deve ser luxo!

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Projetos pessoais não são projetos da empresa onde você trabalha



Quase todas as pessoas que conheço possuem projetos pessoais, que vão desde comprar um carro até fundar uma nova companhia.
Entretanto acho deplorável que pessoas tentem realizar projetos pessoais enquanto trabalham em outra empresa.
Apenas como exemplo: uma pessoa trabalha em uma empresa de tecnologia, na área de criação de novos produtos. Esta pessoa é paga para pensar em novos produtos para a empresa (geralmente bem-paga). Entretanto, esta pessoa usa todas a sua criatividade para, ao invés de criar produtos para a empresa, criar produtos para si próprio e, posteriormente, vender para a empresa onde trabalha.
Um outro exemplo: uma pessoa é contratada para trabalhar para uma empresa, entretanto ela utiliza o tempo dentro da empresa para realizar os seus projetos pessoais.
Algum destes comportamentos é correto? Na minha opinião não. Mas vejo isto acontecer muito nas empresas com que tenho contato.
O que você acha disto?

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Aprenda a Programar em Dez Anos



Por: Peter Norvig
Tradução por: Augusto Radtke

Entre em qualquer livraria. Você vai ver "Aprenda Java em 7 dias", assim como diversas variações oferecendo lições de Visual Basic, Windows, Internet e por ai vai, em dias ou horas. Eu fiz a seguinte pesquisa na Amazon.com:

pubdate: after 1992 and title: days and (title: learn or title: teach yourself)

Encontrei 248 entradas. As primeiras 78 eram livros sobre computadores (número 79 era "Learn Bengali in 30 days"). Troquei "dias" por "horas" e encontrei resultados incrivelmente similares: 253 livros, 77 de computadores, seguidos de "Teach Yourself Grammar and Style in 24 Hours" no número 78. Do total de 200, 96% eram livros de computadores.

A conclusão é que: ou as pessoas estão com muita pressa de aprender sobre computadores, ou computadores são extremamente mais fáceis de aprender do que qualquer outra coisa. Não há livros de como aprender Beethoven, ou Física Quântica ou até adestramento de cães em alguns dias.

Vamos analisar o que um título como "Learn Pascal in Three Days" (Aprenda Pascal em três dias) pode significar:

  • Aprenda: Em três dias você não terá tempo de escrever programas significantes e aprender com seu sucesso ou fracasso. Você não terá tempo para trabalhar com um programador experiente e entender o que é conviver neste ambiente. Em resumo, você não terá tempo para aprender muito. Logo, eles só podem estar falando a respeito de entendimento supercial e, como disse Alexander Pope, "aprender pouco é uma coisa perigosa".
  • Pascal: Em três dias você deve ser capaz de aprender a sintaxe do Pascal (isso se você já conhece uma linguagem similar), mas não vai aprender muito sobre como utilizar essa sintaxe. Em resumo, se você era, vamos dizer, um programador Basic, você pode aprender a escrever programas no estilo Basic usando a sintaxe do Pascal mas não aprender em que o Pascal é bom (ou ruim). Então, qual o ponto? Alan Perlis disse certa vez: "Uma linguagem que não afeta a maneira que você pensa sobre programação, não vela a pena ser aprendida". Um ponto é se você precisar aprender um pouco de Pascal (ou algo como Visual Basic ou Javascript) porque você precisa interagir com alguma ferramenta existente para uma tarefa específica. Mas nesse caso você não esta aprendendo a programar, você está aprendendo a como resolver essa tarefa.
  • em três dias: Infelizmente, não é suficiente, como veremos a seguir.
Aprenda a Programar em Dez Anos.

Pesquisadores (Hayes, Bloom) tem demonstrado que leva em torno de dez anos para desenvolver perícia em qualquer uma das variadas áreas, includindo jogar xadrez, compor músicas, pintar, tocar piano, nadar, jogar tênis e pesquisar neuropsicologia ou topologia. Aparentemente não há atalhos: até Mozart, que foi um prodígio musical aos 4 anos levou mais 13 antes de compor música de primeira classe. De outra forma, os Beatles parecem ter disparado nas paradas em primeiro lugar com a aparição no show do Ed Sullivan em 1964. Mas eles estavam tocando em pequenos clubes em Liverpool e Hamburgo desde 1957, e mesmo após conseguirem uma aparição em massa, o primeiro grande sucesso mesmo (Sgt. Peppers) foi lançado em 1967. Samuel Johnson pensa que pode levar mais do que dez anos: "Excelência em qualquer departamento pode ser alcançada apenas com o trabalho de uma vida toda; não é possível compra-lá por menos". E Chaucer reclamou: "vida tão curta, leva tantu pra aprender". Sim, é "tantu", e não "tanto", um dia você entende.

Então aqui vai minha receita para sucesso na programação:

  • Aprenda inglês. Leia o original deste texto. Essa tradução só está aqui para exercitar o meu inglês, não o seu. (Nota do tradutor)
  • Se interesse por programação, e faça porque é legal. Tenha certeza que isso continue a ser legal para você dedicar dez anos nisso.
  • Converse com outros programadores; leia outros programas. Isso é mais importante do que qualquer livro ou curso de treinamento.
  • Programe. O melhor tipo de aprendizado é aprender fazendo. Colocando de uma forma mais técnica, "o nível máximo de performace individual em um domínio não é alcançado automaticamente em função de uma experiência extendida, mas sim aumentado mesmo por indivíduos extramente experientes por um esforço deliberativo de melhorar". (p. 366) e "o aprendizado mais efetivo requer uma tarefa bem definida com uma dificuldade apropriada para o indivíduo em particular, dado que exista um retorno sobre a experiência e oportunidades de repetição e correções de erros". (p. 20-21) do livro "Cognition in Practice: Mind, Mathematics, and Culture in Everyday Life", que é uma referência interessante deste ponto de vista.
  • Se você quiser, gaste quatro anos em uma universidade (ou mais em uma pós-graduação). Isso lhe dará acesso a alguns empregos que requerem alguma formação e um grande entendimento do campo de trabalho. Mas se você não gosta muito de ir para a escolha, você pode (com alguma dedicação) conseguir alguma experiência similiar sobre esse tipo de trabalho. Em qualquer caso, apenas ler livros não será suficiente. "Educação em ciências da computação não faz de ninguém um gênio em programação tanto quanto estudar pincéis e pigmentos não fazem um bom pintor", diz Eric Raymond, autor de "The New Hacker’s Dictionary". Um dos melhores programadores que eu já contratei tinha apenas o segundo grau, e ele produziu vários softwares incríveis, tem seu próprio grupo de discussão, e fez dinheiro suficiente em ações para comprar seu próprio clube nortuno.
  • Trabalhe em projetos com outros programadores. Seja o melhor programador em alguns projetos, seja o pior em outros. Quando você é o melhor você testa suas habilidades para liderar um projeto, e para inspirar outros com a sua visão. Quando você é o pior aprende o que os mestres ensinam e o que não gostam de fazer (porque eles fazem você fazer por eles).
  • Trabalhe em projetos após outros programadores. Esteja envolvido em entender um programa escrito por outro. Veja o que é preciso para entender e consertar quando o programador original não esta por perto. Pense em como desenvolver seus programas para que seja fácil para quem for mante-lós após você.
  • Aprenda pelo menos meia dúzia de linguagens de programação. Inclua na lista uma linguagem orientada a objetos (como Java ou C++), uma que seja de abstração funcional (como Lisp ou ML), uma que suporte abstração sintática (como Lisp), uma que suporte especificação declarativa (como Prolog ou C++ com templates), uma que suporte co-rotinas (como Icon ou Scheme), e uma que suporte paralelismo (como Sisal).
  • Lembre-se que há um "computador" em "ciência da computação". Saiba quanto tempo leva para o seu computador computar uma instrução, carregar uma palavra em memória (com e sem cache), ler palavras consecutivas do disco rígido, procurar por uma nova posição no disco.
  • Se envolva no esforço de padronização de uma linguagem. Pode ser o comite ANSI C++, ou na padronização de programação na sua empresa, se utilizaram identação com 2 ou 4 espaços. Em qualquer caso, você aprende o que outras pessoas gostam em uma linguagem, o quanto eles gostam e talvez um pouco do porquê eles gostam.
  • Tenha o bom-senso de cair fora desse processo de padronização tão rápido quanto possível.

Com tudo isso em mente, é questionável o quão longe você pode ir apenas lendo livros. Antes que do meu primeiro filho nascer eu li todos os livros de "Como Fazer" e ainda me sentia como um novato. Trinta meses depois, quando nasceu meu segundo filho, voltei aos livros para relembrar? Não, ao invés disso resolvi utilizar minha experiência pessoal do primeiro filho, que se tornou muito mais útil do que milhares de páginas escritas por especialistas.

Fred Brooks, em seu trabalho no "Silver Bullets", identificou um plano em três partes para encontrar grandes projetistas de software:

  1. Sistematicamente identifique os melhores projetistas o quanto antes.
  2. Atribua um orientador de carreira, responsável pelo desenvolvimento cuidadoso de um plano de carreira
  3. Promova oportunidades para desenvolvedores em aprendizado interagir e estimular uns aos outros.

Assumo que algumas pessoas já possuem as qualidades necessárias para ser um grande desenvolvedor de software; o grande trabalho é apenas coloca-los no caminho correto. Alan Perlis coloca de forma mais sucinta: "Qualquer um pode ser ensinado a esculpir: Michelangelo precisaria ser ensinado a não esculpir. É o mesmo com grandes programadores".

Então vá em frente e compre aquele livrode Java; provavelmente você terá algum uso dele. Mas isso não vai mudar a sua vida, ou o seu conhecimento, como um programador em 24 horas, dias, ou meses.

Retirado de: Aprenda a Programar em Dez Anos

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Frases sobre Gerentes de Projeto



ATENÇÃO: Se você é um Gerente de Projeto, saiba que este é um tópico de humor, criado para que os programadores possam se divertir. Claro, se você fizer pelo menos 3 dos itens abaixo, reveja seus conceitos de gerente de projeto!

Todo gerente de projeto ruim que eu conheço:
  • não é técnico
  • quer ser PMP
  • tem medo de tomar decisões
  • acha que pode passar a 6a. marcha e cortar o tempo de projeto pela metade com o mesmo número de desenvolvedores envolvidos
  • quando o projeto atrasa diz: "Eu não sabia de nada"
  • nunca programou
  • possui sólidos conhecimentos em Microsoft Office (e só)
  • vem sempre com aquela historinha: "Pessoal, vamos fazer uma força-tarefa" (quando o projeto está na beira do abismo)
  • fala que todo erro de sistema é algo gravíssimo e tem que ser corrigido no dia (mesmo que só entre em produção 1 mês depois)
  • faz questão de cumprimentá-lo com um lindo sorriso
  • era um péssimo programador
  • senta do seu lado quando o projeto tá atrasado e fica o tempo todo perguntando o que você está fazendo
  • fica olhando para a sua tela e pigarreando quando você não dá bola para ele
  • fala que em breve as coisas vão melhorar, mas não faz nada para que isso de fato aconteça
  • acha que ser programador é coisa de peão, e que essa é uma atividade mecânica que não requer inteligência
  • acha que CMMi vai resolver todos os problemas da empresa
  • te cobra baseado em um cronograma do Project, mas você não teve o direito de falar quanto tempo precisaria para fazer a atividade que está sendo cobrado
  • cobra tarefas que deveriam ser feitas por ele
  • trata você como uma criança, toda hora repetindo as mesmas coisas que você já está cansado de saber e fazer
  • acredita que o salário que as empresas pagam basta como motivação profissional
  • fica querendo dar pitacos na solução técnica, comparando com as que ele aplicou há séculos atrás, quando ainda usava Fortran
  • marca 3 reuniões de 3 horas a cada dia
  • acha que o mundo todo está contra ele
  • diz que quando era programador produzia mais que você
  • busca culpados ao invés de soluções
  • assina a InfoExame e vem cheio de "novidades" sadomasoquistas a cada edição
  • acha que documentação é o principal objetivo de todo projeto
  • responde seus e-mails em, no máximo, 5 minutos (ler e-mails é a segunda atividade dele. A primeira é olhar o Project)
  • quando o sistema tá bom diz: "Nós fizemos". Quando tá ruim: "Eles fizeram".
  • não faz especificação
  • se preocupa mais com %Complete do que com Working Software
  • não leva ninguém da equipe nas reuniões com os stakeholders, pois teme que transpareça que ele não sabe nada
  • não sabem lidar com conflitos humanos
  • entram em conflitos com gerentes de projeto de outras áreas
  • não sabem que uma solução "apagadora de incêndio" é uma solução que deve ser refeita por uma mas elegante

  • é promovido!