Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2008

A importância do Prazo

Estava pensando sobre o quanto é importante colocarmos prazos nos objetivos que temos.
Colocar uma data-limite para um objetivo ou tarefa força a pessoa a tentar cumprir esta data e, por consequência, cumprir o objetivo proposto.
Devemos colocar prazos para:
cumprirmos uma tarefa,terminarmos um projeto,juntar um dinheiro,comprar uma casa,ter um filho,comprar um carro,fazer uma viagem,entregar o trabalho da faculdade,construir/comprar a casa própria,
tudo que tivermos de fazer durante a nossa vidaEm algumas vezes, o cumprimento do prazo não depende apenas de nós. Nestes casos, devemos fazer com que as outras pessoas possam ajudá-lo a alcançar o objetivo, de modo que não comprometa os prazos pessoais deles.
Outras vezes, não somos nós quem determinamos os nossos prazos. Quando isto acontece, a negociação entre o prazo desejado pela outra pessoa e o nosso prazo deve ser realizada.
E, no pior caso, você depende do prazo que uma outra pessoa deve te dar e não o faz. Meu conselho, neste caso, é n…

A Dualidade Gaúcha

O Rio Grande do Sul é um Estado onde o pricípio da dualidade (ou dualismo) reina absoluto.
Dualidade é "o sistema filosófico ou doutrina que admite, como explicação primeira do mundo e da vida, a existência de dois princípios, de duas substâncias ou duas realidades irredutíveis entre si, inconciliáveis, incapazes de síntese final ou de recíproca subordinação."
E não existe um local onde isto seja mais visível que no Rio Grande do Sul.
Neste Estado, as pessoas "devem" ter opinião! Ninguém pode ficar alheio sobre qualquer assunto e, na maioria das vezes, tu pode ser apenas "contra" ou "a favor".
Podemos citar vários exemplos desta dualidade, onde os gaúchos tem de realizar escolhas sobre:
Futebol: Grêmio ou inter, Pelotas ou Brasil, Juventude ou Caxias
Jornal: Zero-Hora ou Correio do PovoPolítica: PT ou anti-PTGramado ou CanelaCaxias ou BentoPelotas ou Rio GrandeMaragatos ou XimangosFarroupilhas ou FederalistasLaçador ou Pôr-do-Sol
Além disso, os defenso…

Professores Gestores

O meu primeiro emprego (tirando estágio) foi como instrutor em uma escola de informática. Após isto, entrei no mercado profissional e só voltei a ser professor em 2005 (como segundo emprego). Depois de uma parada ano passado, voltei ao mundo acadêmico este ano. No final, são apenas 4 anos como professor, mas o suficiente para poder descobrir o quanto um professor deve ser um gestor na sala de aula.
Em uma pesquisa rápida, descobri na Revista Profissão Mestre as características de um Professor-Gestor. Se alterares as palavras "alunos" por "funcionários", "turma" por "equipe" e "escola" por "empresa", verás que não muda muita coisa:
Constrói uma imagem positiva de si mesmo, dos alunos e da escolaÉ co-responsável pela captação e fidelização de alunos (novos talentos)Busca atualização em diversas áreas, constantementePlaneja suas ações prevendo as suas conseqüênciasÉ pró-ativoComunica-se bem, mantém todos bem informados sobre o seu…

Sobre Metas e Avaliações de Desempenho

Conversava hoje com um amigo sobre definição de metas e objetivos para empregados.Comentávamos que muitas empresas definem os objetivos do empregado de uma forma muito errada: Não-mensuráveis: sem uma forma prática de medir o quanto da meta foi atingidaSem prazos: metas que não tem prazo a ser cumprido ou, o que é pior, com um prazo erradoNão-funcionais: objetivos sem nenhuma outra função que não seja preencher uma avaliação de desempenhoSobre este último ponto, vale destacar o que acontece na empresa deste meu amigo. As metas são semestrais ou anuais. O chefe dele se reune com ele no final de cada avaliação, para que lhe seja dado um feedback sobre o trabalho realizado para cumprir (ou não) cada um dos objetivos propostos. Além dessa reunião, o chefe dele costuma se reunir a cada 3 meses para verificar o andamento das metas, para que o funcionário saiba se está no caminho certo para atingir o objetivo ou, ainda, dar um puxão-de-orelha para que o objetivo final acabe sendo cumprido.
Comec…

Coisas que acontecem em uma eleição

Após participar como mesário nas eleições 2008, seguem algumas coisas curiosas que vi:
O clássico tiozinho que chega tão bêbado que não consegue escrever a assinatura. Nessa hora, manda colocar o dedão na almofada de carimbo e vai assim mesmo!A vó que levou a neta e, enquanto a vó estava tentando lembrar o número do vereador (olhando na lista da seção), a neta resolveu apertar a tecla "Confirma" da urna-eletrônica!Eleitora tentando tirar foto da urna eletrônica com o celular. Peguei o celular dela e apaguei a foto, se bem que ela tirou a foto tão tremida que não dava para ver nada!
Candidato que entra na seção com um monte de gente, tentando tirar foto e fazendo bagunça na seção. Coloca todo mundo para fora e acaba com a bagunça que trabalhar no domingo é brabo!Briga de fiscais para ver quem pega o boletim de urna primeiro. Por mim, eles que se matem!Um monte de candidato apertando a tua mão! Lavei bem as mãos após cada um deles!Fiscais brigando porque o outro fiscal cumprimen…