Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2008

Filósofos e Programadores

Recebi por e-mail uma comparação bem legal entre filosofia e programação. Mais uma da série: piadas que só nerds entendem:

Filósofo: "Os últimos serão os primeiros"
Programador: "Pilha"

Filósofo: "Quanto mais sei, mais sei que nada sei"
Programador: "Esse array é muito grande"

Filósofo: "Os fins justificam os meios"
Programador: "Outra gambiarra"

Filósofo: "Aguá mole em pedra dura, tanto bate até que fura!"
Programador: "Essa porra vai ter q funcionar"

Filósofo: "Resolva um problema de cada vez "
Programador: "Cada processo deve ser tratado individualmente"

Filósofo: "Uma caminhada de mil léguas começa com o primeiro passo"
Programador: "int main(){"

Filósofo: "Nada é impossível, é tudo questão de tempo"
Programador: "Vou pegar um fonte no google e alterar"

Filósofo: "Se você não encontra o sentido das coisas é porque este não se encontra, se cria"
Prog…

Trabalhar "botando no cu dos outros"

Tenho notado em algumas das empresas uma nova forma de trabalho (ou não tão nova assim) que é a célebre "botar no cu dos outros".
Fiz um post uns dias atrás sobre Ética no Trabalho e ontem estava pensando que a falta de ética está ligada diretamente a esta forma de trabalho.
Podemos notar isto em várias situações, como as que seguem:
Se um projeto que depende de várias equipes tem problemas, uma equipe joga a responsabilidade do problema para a outra.Se um projeto na mesma equipe tem problemas, acontece a mesma coisa.Se tu fez algo errado, tenta colocar a culpa no colega (comentário infame: geralmente um estagiário).Empresas menores dificilmente tem este problema porque as pessoas estão mais próximas e sabem o que está acontecendo. Já empresas com muitas equipes ou com equipes que passaram por reestruturações, isto acontece com mais freqüência.
Outra coisa que notei é que esta coisa acontece mais entre os chefes do que entre os empregados. Possivelmente porque chefes precisam da…

Ética no Trabalho

Um dos blogs que costumo ler é o Efetividade.net.
Em seus últimos POSTs, eles publicaram um texto sobre Ética no Trabalho, que lista 16 pontos muito legais sobre o assunto, os quais reproduzo abaixo:
Seja honesto em qualquer situaçãoNunca faça algo que você não possa assumir em públicoSeja humilde, tolerante e flexível. Muitas idéias aparentemente absurdas podem ser a solução para um problema. Para descobrir isso, é preciso trabalhar em equipe, ouvindo as pessoas e avaliando a situação sem julgamentos precipitados ou baseados em suposições. Ser ético significa, muitas vezes, perder dinheiro, status e benefícios. Dê crédito a quem merece. Nem sonhe em aceitar elogios pelo trabalho de outra pessoa. Cedo ou tarde, será reconhecido o autor da idéia e você ficará com fama de mau-caráter. Pontualidade vale ouro. Se você sempre se atrasar, será considerado indigno de confiança e pode perder boas oportunidades de negócio. Evite criticar os colegas de trabalho ou culpar um subordinado pelas cost…

I-Phone para crianças

Compramos 2 I-Phones aqui na empresa para podermos fazer testes com aplicações e, neste fim-de-semana, levei para casa para testar e verificar como funciona.
Não vou falar das qualidades dele. É um aparelho simplesmente fantástico! Mais que um celular, menos que um computador, mas muito bom!
Mas resolvi fazer uma experiência e deixar a minha filha mais velha (de 4 anos) mexer nele. Larguei o I-Phone na mão dela sem explicar nada (apenas que não era para deixar cair no chão porque não era do papai) e disse: "mexe"!
Depois de um tempinho, ela já tinha descoberto como tirar fotos, como ver as fotos, descobriu o aplicativo de notas, escreveu o nome dela e estava ensinando a mãe dela de como usar o aparelho!
Foi o típico exemplo de como os mais novos lidam com aparelhos que nós, adultos, ainda demoramos um pouco para entender!

Transmissões de Futebol em FM

Gostaria de saber por que cargas d'água as rádios que transmitem jogos de futebol no Rio Grande do Sul não o fazem em FM, apenas em AM.
Gosto muito de ouvir a narração da Rádio Gaúcha, mas ultimamente tenho pensado que eles deveriam fazer esta narração em FM. Meus motivos são:
Não tenho um aparelho de rádio AM bom.Quando vou ao estádio, tenho de levar um rádio de pilha paraguaioHoje qualquer aparelho celular ou MP3 Player possui um rádio FM (melhor e mais discreto)
Se houvesse narração do jogo via FM, poderia simplesmente levar o celular no bolso e ouvir o jogo sem problemas. Não precisaria levar mais um aparelho apenas para isto.
Acho que é uma oportunidade ainda inexplorada para as empresas de rádio gaúchas. A primeira que fizer isto vai sair na frente da concorrência e pode pegar um mercado novo e em expansão.

Será o Fim dos HDs?

Estava olhando o caderno de informática da Zero Hora ontem (ZH Digital), quando me deparei com 2 conceitos muito interessantes:

O primeiro diz respeito à "TI Verde", que é o termo utilizado para a conscientização sobre a necessidade de diminuir o impacto ambiental da tecnologia. Isso significa que a reciclagem de eletrônicos e o desenvolvimento de produtos que gastem menos energia, como os processadores com múltiplos núcleos (multi-core) e os monitores de LCD sejam mais frequentes.

Já o segundo diz respeito à USB 3.0, uma nova versão do protocolo USB que irá permitir uma transferência até 10 vezes mais rápida que os 480Mbps atuais.

Com estes dois conceitos, podemos deduzir que em breve veremos a "aposentadoria" dos atuais HDs por equipamentos mais eficientes. Já existem cartões de memória USB com 32Gb por US$ 500,00 (veja aqui), como o preço dos equipamentos de informática costumam cair à medida em que a concorrência aumenta, possivelmente o preço dos cartões com esta…