Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2007

Dez dicas para a festa de confraternização da empresa

Em época de festas de fim-de-ano, muitas empresas costumam fazer suas confraternizações.
Assim, seguem 10 dicas de como tratar estas festas de empresas:

1) Não vá

2) Resolveu encarar? Lembre-se: você tem todo o direito de enfiar os dois pés na jaca, beber até virar uma bailarina russa e vomitar aos litros. Mas, na frente do seu chefe e do dono da empresa, não pega bem.

3) Você não vai conquistar a estagiária ensopado de suor, pendurado no lustre e mostrando a bunda.

4) Com 'mé' de graça, a bebedeira não tem limite. Mas seu fígado tem.

5) Não tente se vingar do big boss nesse momento de confraternização - dando uma rasteira no sujeito enquanto ele dança enlouquecido na pista, por exemplo. Sempre há testemunhas.

6) O mesmo vale para quem se aproveita da ausência do cônjuge e resolve mudar de cardápio: isso nunca ficará apenas entre vocês dois, três, quatro...

7) Não é todo mundo que bebe. E são os sóbrios que contarão para a empresa inteira os micos que você pagou - principalmen…

Antes de ser pai

Antes de ser pai eu fazia e comia os alimentos ainda quentes
Eu não tinha roupas manchadas.
Eu tinha calmas leituras no computador.
Conseguia tomar uma cerveja sem ela esquentar

Antes de ser pai eu dormia o quanto eu queria e nunca me preocupava com a hora de ir para a cama.
Eu não me esquecia de pentear os cabelos e escovar os dentes.

Antes de ser pai eu não tropeçava em brinquedos nem pensava em canções de ninar.
Imunizações e vacinas eram coisas em que eu não pensava.

Antes de ser pai ninguém vomitou nem fez xixi em mim, nem me beliscou sem nenhum cuidado, com dedinhos de unhas finas.

Antes de ser pai eu tinha controle sobre a minha mente, meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos.... eu dormia a noite toda...

Antes de ser pai eu nunca tive que segurar uma criança chorando para que médicos pudessem fazer testes ou aplicar injeções.
Eu nunca chorei olhando pequeninos olhos que choravam.
Eu nunca fiquei gloriosamente feliz com uma simples risadinha.
Eu nunca fiquei sentado horas e horas olha…

A Greve dos Roteiristas Norte-Americanos

Existem várias pessoas que, como eu, gostam de ver as séries produzidas pelas televisões norte-americanas. Entretanto, a greve dos roteiristas pode provocar um "caos" televisivo que, se perdurar por mais algum tempo, irá me obrigar a ficar vendo "A Grande Família" ou reprises ao invés de assistir House M.D. ou Lost.

Estava pensando que os roteiristas eram pessoas que apenas queriam mais dinheiro por coisa pouca mas, após ler a entrevista que Damon Lindelof (co-criador e roteirista-chefe de Lost) deu para o New York Times, começo a ver esta greve de outro modo. Ainda fico indignado por não poder ver episódios novos, mas posso entender um pouco melhor a situação.

Seguem as palavras de Lindelof:


Eu devia ter me dado conta disso quatro anos atrás quando comprei meu primeiro TiVo, mas a negação é sempre o primeira fase do luto. Eu simplesmente não podia reconhecer que essa maravilhosa invenção anunciava o início do fim.

TiVo armazena seus filmes e séries em um hd (como de u…