quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

TV aberta tem futuro?



A TV aberta é um dos principais meios de entretenimento da população brasileira. Apesar de termos quase 6 milhões de usuários de TV por assinatura, ainda não se comparam com 180 milhões de usuários da TV aberta.
Mas a "TV democrática" pouco evoluiu a sua programação nos últimos anos. A Rede Globo continua praticamente com a mesma programação de 20 anos atrás. Basicamente:
  • Programação infantil pela manhã
  • Jornal do meio-dia
  • Novela repetida, vídeo show e a sessão da tarde
  • Novelas até as 22h (com um intervalo para o Jornal da noite)
  • Um seriado/filme ou um programa ligth depois da novela das 22h
Esta fórmula, entretanto, é mantida porque faz sucesso. O público já está acostumado e aceita isto muito bem. Por isto é mantida.
Por isto, resolvi dar uma olhada no que as outras emissoras estão fazendo para tentar ganhar a audiência da Rede Globo (a eterna líder do Ibope) no horário que estou em casa para ver TV (depois das 21h).
Por exemplo, a Record resolveu apostar em seriados para ganhar a audiência dos espectadores após as 22h. Com isto, neste horário ela entra com Life, Ídolos (American Idol), Dr. House (House M.D.), CSI, CSI Miami, Monk, além de "O Aprendiz" (com o grande Roberto Justos). Uma fórmula que dá certo, visto que neste horário o público-alvo aceita bem.
A Band ainda está um pouco atrás disto tudo, mas tem acertado com o CQC nas segundas-feiras que, na minha opinião, é o melhor programa de humor-jornalístico do momento.
O SBT, que nos últimos anos viu sua audiência migrar para a Record, relançou a novela Pantanal e parece que ganhou alguma audiência (não consigo entender ainda o motivo), mas ultimamente a emissora do Baú não consegue inovar. Ou melhor, a única inovação que ela conseguiu foi lançar a pequena Maísa, que fez sucesso apenas após ter as suas gafes publicadas em vídeo no YouTube! e, com isto, ganha a audiência das crianças e dos adolescentes (que acabam gravando o programa para colocar algum vídeo engraçado dela).

Enfim, creio que as opções da TV aberta ainda são poucas. Gostaria muito de ver um bom seriado nacional ser lançado em horário-nobre. Hoje, por enquanto, o único seriado interessante que passa neste horário em formato semanal é "A Grande Família". Será que algum dia teremos uma produção nacional em formato de série que faça o sucesso que as séries americanas fazem?
Será que algum dia teremos, na maior emissora brasileira, uma alteração que retire uma das novelas da noite e passe seriados durante a semana?
Realmente não sei, mas quem sabe alguém não aposte nisto? Talvez isto possa fazer com que uma TV aberta, com um formato novo, possa conquistar e, até, derrubar a Rede Globo!
Postar um comentário