quarta-feira, 20 de março de 2013

Seja um Fracassado - Gustavo Reis



Fui aluno do Gustavo Reis durante minha época de cursinho pré-vestibular (lá em 1994). Na época chamávamos ele de Horácio (devido ao cérebro avantajado que ele tem).
Confesso que ele me ensinou muitas coisas que nem fazia ideia, dado que fiz curso técnico e, naquele tempo, os cursos técnicos focavam muito na parte técnica e não nas disciplinas como Biologia, Química ou Matemática.
Lembro que ele fazia Computação na UFRGS, o que aumentou meu interesse nas aulas, visto que eu faria vestibular para Computação também. Em conversas de bar, ele comentou que pensava em um dia ir morar nos Estados Unidos e trabalhar no Vale do Silício, mas depois do final do cursinho, não fiquei sabendo mais dele.
Qual não foi minha surpresa ao receber um vídeo dele em uma palestra no TEDx Unisinos, falando sobre a vida de Professor, o momento em que ele desistiu da Computação e se voltou inteiramente para ensinar e outras coisas mais.
Confesso que muitas coisas que ele falou já me passaram pela cabeça, e o que ele fala da gratidão ao ensinar uma pessoa, podem ter certeza que está certo.
Ainda estou trabalhando em uma empresa de Informática, mas também dou aulas na Faculdade. Adoro as duas coisas que faço, e acredito que faço bem.
Mas confesso que o vídeo me fez pensar bastante sobre o futuro! :-D


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

LDU 1x0 Grêmio - Resumo da Partida



Primeiro Tempo
Jogo fechado. A LDU atacou bastante na primeira metade, mas a defesa estava sempre bem postada. Infelizmente estávamos errando muitos passes e não conseguíamos atacardireito. Pelo menos no primeiro tempo a altitude não se manifestou. Depois da primeira metade, conseguimos encaixar alguns contra-ataques e chegamos mais a área. Quem sabe se o juíz não tivesse encerrado o primeiro tempo quando íamos cobrar um escanteio, pudéssemos sair ganhando o jogo!

Segundo Tempo
A entrada do Vargas ajeitou o time nos primeiros minutos. Agora parecia que o Grêmio era o time da altitude e a LDU é quem tinha de defender. Pará chutando com perigo a gol. Souza também. Os equatorianos não entendiam, pois a última vez que tinham jogado contra um time gaúcho, era apenas um time de fracos! Aos 15 Souza (ele de novo) acerta a trave em falta cobrada por Elano. Depois a LDU equilibrou um pouco e acabou achando um jogo depois da lesão do Dida. Depois do gol pressionaram para tentar ampliar, mas quem perdia gol era o Grêmio. No final a LDU já achou que o 1x0 tava bom e resolveu se defender. Fernando quase empata aos 45, em um belo chute de fora da área. Minha impressão: ganhamos na Arena semana que vêm.

Dida - Me lembrou o Victor. Saiu lesionado e deve ficar fora (resolvendo o dilema de Grohe x Dida)
Tony - Bom na defesa. Se o Elano olhasse para o lado e passasse a bola quando ele subia para o apoio, poderia ser melhor. Na média,
Cris - Temos um xerife na zaga.
Saimon - Melhor apenas se fosse um pouco mais indisciplinado (imprensa não tem o que publicar e inventa esta). Joga simples e eficiente.
Pará - Todas as jogadas da LDU foram pelo lado dele. Logo, teve de manter posição e não conseguiu ir para o apoio. No segundo tempo melhorou muito e até chutou a gol.
Fernando - Se alguém falar em vender este guri, vai se ver comigo! Ficou meio sumido no segundo tempo, mas ainda teve tempo de chutar na trave aos 45 min.
Souza - Ninguém vê ele no jogo, mas que bom que ele está neste meio-campo.
Zé Roberto - Sempre eficiente, armou boa parte das jogadas de ataque. Um garoto!
Elano - Segurou a bola, chamou faltas, ligou os ataques. Se olhasse para a direita e visse o Tony subindo para o apoio, seria melhor. Saiu cansado.
William José - Sozinho na esquerda devido ao Pará manter posição. Mesmo assim, fez o melhor lance de ataque do primeiro tempo. Cedo para avaliação.
Marcelo Moreno - Quando voltava para buscar a bola, dava pena dele. Quando subia para a área, a bola não chegava. difícil.

Vargas (William José) - O cara pede para jogar mesmo sem treinar. Logo aos 4 min enxergou o Tony (o que Elano não fez em 45 min). Puxou ataques com naturalidade, fôlego e qualidade. Deverá ser o titular no jogo da volta.
Marco Antônio (Elano) - Entrou, tomou cartão amarelo, chutou em gol. Depois deu saudades do Elano.
Marcelo Grohe (Dida) - Mesmo preterido pelo Luxemburgo, acabou entrando em campo pelo destino do jogo. Deu azar no primeiro lance, apesar de ter salvo 2 vezes antes da bola entrar. Depois do gol não teve trabalho. Paulo Santana vai acabar com ele na coluna de amanhã.

Luxemburgo - Vai ter de reverter na Arena e calar a boca de quem diz que ele não ganha mata-mata. Vamos ver.