segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Música de Segunda - Scorpions - Wind of Change



Apesar da banda Scorpions ter sido criada no fim dos anos 60, o sucesso deles só veio na década de 80. Com músicas como Still Loving You e Wind of Change, eles conquistaram o sucesso.
O vídeo abaixo mostra um concerto dos Scorpions em conjunto com a Orquestra Filarmônica de Berlin.



I follow the Moskva
Down to Gorky Park
Listening to the wind of change
An August summer night
Soldiers passing by
Listening to the wind of change

The World is closing in
Did you ever think
That we could be so close, like brothers
The future's in the air
I can feel it everywhere
Blowing with the wind of change

Take me to the magic of the moment
On the glory night
Where the children of tomorrow dream away
In the wind of change

Walking down the street
Distant memories
Are buried in the past, foreeeeeeever

I folow the Moskva
Down to Gorky Park
Listening to the wind of change

Take me to the magic of the moment
On the glory night
Where the children of tomorrow share their dreams
With you and me

Take me to the magic of the moment
On a glory night
Where the children of tomorrow dream away
In the wind of change

The wind of change blows straight
Into the face of time
Like stormwind that will wing
The freedom bell for peace of mind
Let your balalaika sing
What my guitar wants to say

Take me to the magic of the moment
On a glory night
Where the children of tomorrow share their dreams
With you and me

Take me to the magic of the moment
On a glory night
Where the children of tomorrow dream away
In the wind of change

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Fatos de Victor



Depois do grande post sobre as proezas de Sandro Goiano, feito em 2007 (ver aqui), seguem os fatos do grande goleiro do Grêmio e da Seleção, Victor:

  1. Victor pode tomar gol. Mas no replay ele defende;
  2. Victor pode defender uma bola ontem;
  3. Somente Victor defende. Quando os outros goleiros defendem, é Victor praticando Voodoo;
  4. Mário Fernandes sumiu porque Victor não precisa de zagueiros;
  5. O Gol jamais teria sido desenvolvido se Victor trabalhasse na Volkswagen;
  6. A CBF ordenou que Dunga convocasse Victor para a seleção, pois a média de gols do campeonato brasileiro estava muito baixa;
  7. Rubinho arremesou uma peça do seu carro para trás, Victor gritou: é minha... mas o Massa tirou de cabeca;
  8. Se você defende 5 chutes e Victor defende 5 chutes, Victor defendeu mais chutes que você;
  9. Foi necessário aumentar as goleiras para victor fazer defesas dificeis pois elas não cabiam no angulo das câmeras. Surgia então o WIDESCREEN;
  10. Victor não consegue se enxergar no espelho... seu reflexo é muito rápido;
  11. Tiveram que explicar pro Victor o que significava tomar gols, ele ainda não entendeu direito o processo;
  12. Certo dia o Victor apareceu no Faustão na promoção "Agarre o que puder". 1 min depois a Magazine Luiza decretou falência;
  13. Ao lado da palavra 'defesa' no dicionário a uma foto de Victor fazendo positivo, sorrindo;
  14. No dia em que foi julgado por agressão pelo STJD, Victor não precisou de advogado de defesa;
  15. Victor não tem golpe de vista.Ele tem é um poder Jedi;
  16. Nos treinos Victor sempre treina cobrança de pênaltis com ele mesmo defendendo. No jogo ele não é batedor porque não faz gol nos treinos;
  17. Victor nasceu sendo lançado da barriga de sua mãe, mas ele conseguiu se defender antes de chegar a parede;
  18. Os atacantes do Grêmio desaprenderam a fazer gols depois que começaram a treinar com Victor;
  19. Victor não tem reflexos. Tem premonições;
  20. Obama chamou Victor para ser seu Secretário de Defesa;
  21. Victor defendeu o Michael Jackson no processo de pedofilia;
  22. A próxima edição do jogo FIFA terá uma nova dificuldade de Goleiro: Iniciante, Amador, Semi-Profissiona, Profissional e VICTOR MODE;
  23. Norton antivírus perderá mercado para o Victor Antivírus, pois defende melhor seu computador;
  24. Uma vez Mário Fernandes tirou a bola pra fora quando Victor gritou ''É MINHA''. Uma semana depois ele foi encontrado em São Caetano do Sul. Depois disso, virou Lateral;
  25. O goleiro do Grêmio no futebol de botão é do tamanho da goleira;
  26. Victor enxerga o mundo em slow-motion

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Música de Segunda - Toquinho - Aquarela



Com as crianças de hoje gostando cada vez mais de coisas como "Calcinha Preta", "Ivete Sangalo", "Stephanny" e "Preta Gil", lembro da minha infância com clássicos como "Turma do Balão Mágico" e "Trem da Alegria".
Entretanto, dois dos melhores álbuns da minha infância são "A Arca de Noé" e "Aquarela", com músicas de Toquinho e Vinícius de Moraes. Músicas simples com letras que as crianças entendem.
Com isto, consigo que meus filhos cantem "O Caderno", "O Pato" e "Aquarela", música que ficou famosa com uma propaganda da Faber Castell nos anos 80 e reproduzida abaixo:



Numa folha qualquer
Eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo...

Corro o lápis em torno
Da mão e me dou uma luva
E se faço chover
Com dois riscos
Tenho um guarda-chuva...

Se um pinguinho de tinta
Cai num pedacinho
Azul do papel
Num instante imagino
Uma linda gaivota
A voar no céu...

Vai voando
Contornando a imensa
Curva Norte e Sul
Vou com ela
Viajando Havaí
Pequim ou Istambul
Pinto um barco a vela
Branco navegando
É tanto céu e mar
Num beijo azul...

Entre as nuvens
Vem surgindo um lindo
Avião rosa e grená
Tudo em volta colorindo
Com suas luzes a piscar...

Basta imaginar e ele está
Partindo, sereno e lindo
Se a gente quiser
Ele vai pousar...

Numa folha qualquer
Eu desenho um navio
De partida
Com alguns bons amigos
Bebendo de bem com a vida...

De uma América a outra
Eu consigo passar num segundo
Giro um simples compasso
E num círculo eu faço o mundo...

Um menino caminha
E caminhando chega no muro
E ali logo em frente
A esperar pela gente
O futuro está...

E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar...

Nessa estrada não nos cabe
Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe
Bem ao certo onde vai dar
Vamos todos
Numa linda passarela
De uma aquarela
Que um dia enfim
Descolorirá...

Numa folha qualquer
Eu desenho um sol amarelo
(Que descolorirá!)
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo
(Que descolorirá!)
Giro um simples compasso
Num círculo eu faço
O mundo
(Que descolorirá!).

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Como se sentir um Dalit



Li um excelente artigo de Eunice Mendes, onde ela fala sobre "Os Dalits nossos de cada dia" (original aqui). Ela faz uma comparação entre a hierarquia de castas indiana, onde os dalits são considerados "pessoas impuras" e a cultura hierárquica do mundo ocidental.
Em um dos parágrafos, ela expressa exatamente quem seriam os "nossos dalits":
  • Um mendigo na rua
  • Uma criança pedindo esmolas
  • Pessoas vendendo mercadorias na sinaleira
  • Um gari limpando a rua
  • Um carteiro entregando cartas na chuva
Isto pode provar que as pessoas não são valorizadas pelo que elas são e, sim, pela sua "função social".
Ela continua, citando que durante o nosso trabalho, também estamos sujeitos a nos sentirmos como dalits quando:
  • um novo profissional exerce o mesmo cargo que o seu e entra na empresa ganhando o dobro do seu salário;
  • o diretor não o convida para o fim de semana na casa de praia, mas convida todo o resto do seu grupo;
  • aquele trainee trata você com arrogância e nem quer saber o que você pode lhe ensinar;
  • na reunião, o cliente só olha para os outros sócios e não presta atenção no que você diz;
  • você se sente um estranho no ninho em um determinado ambiente;
  • em uma roda social, você percebe que alguém faz uma ironia ou ignora a sua presença;
  • você é discriminado pela sua cor, posição social ou postura política.
Outra frase do artigo dela que eu concordo: "Ninguém quer ser invisível nem quer ser ignorado. A indiferença é para muitos uma espécie de morte moral."
Para corrigir isto, há uma única palavra: respeito!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Férias 2009



Nada como uma semana de férias para passear e curtir bastante a família.
Abaixo um slideshow para mostrar as fotos dos passeios.