segunda-feira, 25 de maio de 2009

Música de Segunda - Velhas Virgens - Abre Essas Pernas



Velhas Virgens é uma banda que começou a fazer sucesso na metade da década de noventa. Suas letras combinando mulheres, sexo, cerveja e rock'n'roll geralmente com o blues, acabaram ganhando vários fãs Brasil afora.
Assim, quando comentam de bandas expressivas, pensantes, politizadas, lembro das Velhas Virgens!



"As mulheres e as galinhas
São dois bichos interesseiros
A galinha pelo milho
E a mulher pelo dinheiro"

Abre essas pernas pra mim baby
Tô cansado de esperar
Você dá pra todo mundo
Só pra mim que você não qué dá

Esse papo de pele e de química
Não tem nada a vê
Não é filme, nem novela
É só sexo, eu e você

Já deixei você nua em pêlo
E na hora você deu pra trás
Então abre essas pernas pra mim, baby
Pra aprender como é que se faz.

Você pode dizer o que quer
Nem por isso vou dar pra você.
Eu só transo com quem eu quero
E na hora que eu escolher

Animal é que trepa
Sem sentir e sem gostar
Não sou bicho e nem planta
Nem boneca pra você me usar

Você vem com essa pica imensa
Pensando que vai me comer
Eu não abro as pernas pra você, baby
Não adianta você querer.

Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...

Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abra essas pernas pra mim, baby
Abra e deixa eu entrar.

Abre essas pernas pra mim, baby
Que papo é esse de emoção?
Eu tô falando é de vai e vem
Será que você é sapatão?

Eu nunca vi uma mulher
Que não gostasse de foder
Até hoje ninguém disse "Não"
E a primeira não vai ser você.

Eu tô te oferecendo
Vinte centímetros de prazer.
Abra essas pernas pra mim baby
Vai ser bom, você vai ver!

Me tire da cabeça!
Não adianta me cobiçar!
Sei que você come todo mundo,
Mas comigo não vai rolar

Nem tua grana, nem teu carro,
Nada vai me convencer.
Não sou burra, nem tô a venda,
Nem pagando você vai me ter.

Pode ir pro banheiro
E tocar uma bronha se quiser
Eu não abro as pernas pra você, baby
Digo não e sou mulher.

Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...

Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abre essas pernas pra mim, baby
Não
Abre e deixa eu entrar.

Você diz que a minha grana não te compra.
Você diz que só faz com emoção.
(só com amor, benzinho!)
Vou provar que todo mundo tem um preço.
Eu vou provar. Começando o leilão
70 - não!! 90 - não!! 150 - nãaaaao!!
300 - não!! 500 - não!! 790 - nãao!!
800 - não!! 900 - não!! uma milha...

Assim eu dou,
Não dá pra negar.
Assim eu dou,
Não dá pra agüentar!

Só não pense que eu sou puta!
Eu tô gostando de você.
Vou abrir as minhas pernas
Por amor, por prazer!

Puta, você? nem pensar!
Puta, você? o que é que há?
Foi amor a primeira vista que eu vi!
Foi "química, lance de pele bem aqui"!

Benzinho, você sabe
Eu te amo tanto

Eu sabia desde o começo.
Só faltava acertar quanto.

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Um exemplo de Apego Infantil



Esta semana resolvi trocar de carro. Troquei o meu velho Pálio 2004 branco por um Prisma 2010 preto.
Foram várias as vantagens nesta troca:
  • Um para-brisa rachado por um com para-brisa novo
  • Um tanque de gasolina furado por um tanque Flex
  • Bancos mordidos pelas crianças por bancos cheirando a novo
  • Direção dura por direção hidráulica
  • Motor 1.0 por motor 1.4
  • Trocar um carro usado por um carro zero
Entretanto, tive um problema familiar com esta troca. Meu filho mais novo gostava muito do Pálio. E quando eu digo gostava muito, quero dizer uma relação quase de amor pelo carro.
Tanto que, quando eu levei o Pálio para a concessionária (para, se tudo der certo, nunca mais voltar), ele chorou a tarde inteira pela falta do Pálio. Achei que ele estava sentindo falta de um carro mas não, ele estava sentindo falta do Pálio.
Não adiantou argumentar com ele todas as vantagens. Não adiantou argumentar com ele que mudanças como esta sempre são para melhor. Realmente ele tem um apego muito grande pelo Pálio.
Tanto que ele, sem ninguém falar, colocou na cabeça que ele não estava trocando de carro e, sim, o carro foi para o "Lata Velha" para voltar totalmente reformado.
Quando ele foi comigo na concessionária, ele entrou dentro do carro e começou a chorar, pois viu que não era o mesmo velho Pálio que ele conhecia.
Quando chegou em casa e minha esposa colocou o carro na garagem, ele foi bem quietinho dentro do carro novo e começou a bater nos bancos falando: "Pálio, tu tá aí?", "Pálio, tu tá bem?", "Pálio, tu gostou da nova cor?", e assim por diante.
Isto caracteriza uma típica situação de apego infantil, a qual possui três características básicas (Weiss, 1993):
  1. Busca constante de proximidade com seu objeto de ligação, podendo tolerar afastamentos temporários;
  2. Estabelecimento de maior ou menor segurança, segundo o padrão de confiabilidade e previsibilidade do objeto; e
  3. Reação de protesto pela separação ou perda e a consequente busca de recuperação da figura de apego
Realmente, não sei como lidar com esta situação. Creio que o tempo é capaz de atenuar o problema e ele vai acabar se acostumando com isto.
Mas que ele bater no carro perguntando sobre o Pálio foi hilário, isto foi!

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Música de Segunda - Lulu Santos - De Repente Califórnia



Achei um CD antigo de MP3 este fim-de-semana. Com as músicas que ouvi, dava para ter uma sessão nostalgia dos anos 70/80/90 por pelo menos um ano na sessão Música de Segunda.
Uma das que achei foi "De Repente Califórnia", por Lulu Santos.
Não gosto muito dele, mas esta música, feita para o filme Menino do Rio, de 1981, é uma das músicas interessantes dele.



Garota, eu vou pra Califórnia
Viver a vida sobre as ondas
Vou ser artista de cinema
O meu destino é ser star

O vento beija meus cabelos
As ondas lambem minhas pernas
O sol abraça o meu corpo
Meu coração canta feliz

Eu dou a volta, pulo o muro
Mergulho no escuro, salto de banda
Na Califórnia é diferente, irmão
É muito mais do que um sonho

A vida passa lentamente
E a gente vai tão de repente
Tão de repente que não sente
Saudades do que já passou

Eu dou a volta, pulo o muro
Mergulho no escuro, salto de banda
Na minha vida ninguém manda não
Eu vou além desse sonho

Garota, eu vou pra Califórnia
Viver a vida sobre as ondas
Vou ser artista de cinema
O meu destino é ser star

A vida passa lentamente
E a gente vai tão de repente
Tão de repente que não sente
Saudades do que já passou

Eu dou a volta, pulo o muro
Mergulho no escuro, salto de banda
Na minha vida ninguém manda não
Eu vou além desse sonho

Garota, eu vou pra Califórnia
Viver a vida sobre as ondas
Vou ser artista de cinema
O meu destino é ser star

sexta-feira, 15 de maio de 2009

O milésimo post no Twitter



Comecei a usar o Twitter no dia 02/04/2008. Desde então, milhões de usuário em todo o mundo começaram a usar para dizerem para todos e para ninguém o que estão fazendo.
Desde o primeiro update com o texto "Quase indignado", escrevi muita coisa séria, muitos desabafos, muitas coisas sem-sentido (a maioria) e também divulguei as minhas postagens neste blog.
Listo abaixo os updates que considero mais interessantes durante todo este tempo:
  • Quem acha tudo gozado é faxineira de motel
  • Quero uma bola de cristal que dê choque com um fio desencapado
  • Alguém tem que trabalhar
  • Nenhum anti-virus protege contra cagadas do usuário
  • Indo para o FISL9: O maior encontro de Nerds da América Latina!
  • Cada vez me convenço mais que PHP é para quem não sabe programar
  • As coisas migram de lugar...
  • Pessoas normais não são felizes, pessoas normais tentam ser felizes.
  • Cansado de ser bonzinho!
  • Cuidar dos filhos é muito bom. Mas quando eles estão doentes nos sentimos um pouco impotentes.
  • E tinham comentado sexta que desejavam um Roberto Justos. Pelo visto ganharam.
  • Twitter down no fim-de-semana! Parece que Ruby On Rails não faz os programadores tão felizes assim!
  • Frase do dia: "Depois a merda cai e o pessoal de produtos fica reclamando"
  • Liberar muitas funcionalidades para os usuários pode se tornar muito perigoso. Usuário devia ter, no máximo, o Notepad disponível!
  • Tenho medo quando pessoas inexperientes tem de tomar decisões importantes!
  • Tem gente que não sabe o que é pontualidade!
  • Por que as pessoas não se conversam????
  • As pessoas se acostumam com as coisas ruins.
  • Errar é humano, assumir o erro é nobre!
  • mode machista on: Perdeu?! E daí?! Vai assistir novela!
  • Gerentes de Projetos tem a mania de achar que são Gerentes de Equipes!
  • GPs acham que o mundo todo está contra eles!
  • Se você quer fazer um sistema Web que faça sucesso, esqueça os frameworks!
  • Aprender pouco é uma coisa perigosa!
  • Caixas de chá me darão dor de cabeça em um futuro próximo!
  • Banrisul é o pior banco público do mundo. Isto se pudermos chamá-lo de banco.
  • Hoje é dia de prova! Momento de felicidade de um professor.
  • O mais difícil é sempre o mais bonito, tecnologicamente falando.
  • Instrutores nivelam as turmas por baixo! Professores nivelam pela média!
  • Quem mais balança é quem menos tá seguro. Se o teu trabalho é bem feito, não tem com o que se preocupar!
  • Como seria bom se as pessoas soubessem o que desejam!
  • Escrevendo o óbvio: Tempo é questão de prioridade!
  • Há dias em que o barulho é insuportável! Preciso achar uma palavra para descrever barulho que é pior que o insuportável!
  • Nada pior do que pessoas que usam Twitter como Chat ou que ficam enviando mensagens a cada 2 minutos!
  • A cada instante da vida estamos mais perto da morte.
  • Odeio a mania que alguns têm de marcar reuniões meia hora antes para prejudicar os pontuais
  • Pac Man nada mais é que correr atrás de balinhas enquanto se ouve uma música repetitiva. Ou seja, uma rave.
  • Trabalhar até tarde para enviar um relatório e, quando vejo, envio o arquivo errado! Shit!
  • Odeio pessoas que entram em lojas, ficam olhando as coisas e nao compram nada. Vao passear no parque ao inves da C&A!
  • Odeio pessoas Twitter-Depressivas!
  • Depois de PMI, SCRUM e outras metodologias de projeto, vou criar o FALO: "Faz logo, otário"
  • Odeio pessoas incompetentes.
  • As pessoas que mais falam em privacidade são aquelas que sempre querem saber o que estamos fazendo.
  • Reclamar no Twitter engorda! #Twitter_consequences
  • Twitter faz as pessoas ficarem sem paciência. #Twitter_facts
  • Percebo que estou ficando velho quando falo de Paintbrush e a pessoa não sabe o que é!
  • Mulheres não gostam de usar o Twitter porque só podem escrever 140 caracteres.
  • Refazendo a frase: mulheres que usam Twitter fazem mais de um post por vez para poder usar mais de 140 caracteres.

Aliás, se quiseres buscar todas as mensagens que fizeste no Twitter, clique aqui.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Listar todos os meus updates no Twitter



Estava tentando buscar todos os updates do Twitter que fiz. Estou a fim de fazer uma pesquisa com as minhas melhores frases para colocar aqui no blog.
Entretanto, descobri que a porcaria do Twitter mostra apenas os meus 20 últimos updates. Para mostrar mais mensagens, preciso clicar em "more".
Isto é fácil para quem tem apenas 60 updates. Para quem tem algumas centenas, isto fica muito trabalhoso.
Então, resolvi fazer uma consulta via API. Assim, poderia buscar todos os meus updates de uma só vez. Além disso, disponibilizei uma página para que todos possam fazer o mesmo.

Caso esteja interessado, basta clicar aqui.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Música de Segunda - Coldplay - Viva La Vida



Coldplay possui de 5 a 10 músicas que se salvam. Uma delas é esta aqui.
A música Viva La Vida possui um ritmo bem lienear, o qual pode ser visto na boa interpretação de Chris Martin. Apesar disto, o grupo está sofrendo um processo de plágio movido por Joe Satriani (grande guitarrista, vou ter de colocar uma música dele por aqui) devido à semelhança (discutível) com a música "If I could fly". Por isto ela entra como a música de segunda de hoje.




I used to rule the world
Seas would rise when I gave the word
Now in the morning I sleep alone
Sweep the streets I used to own

I used to roll the dice
Feel the fear in my enemy's eyes
Listen as the crowd would sing
"Now the old king is dead! Long live the king!"

One minute I held the key
Next the walls were closed on me
And I discovered that my castles stand
Upon pillars of salt and pillars of sand

I hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror, my sword and shield
My missionaries in a foreign field

For some reason I can't explain
Once you go there was never
Never an honest word
But that was when I ruled the world

It was the wicked and wild wind
Blew down the doors to let me in
Shattered windows and the sound of drums
People couldn't believe what I'd become

Revolutionaries wait
For my head on a silver plate
Just a puppet on a lonely string
Oh who would ever want to be king?

I hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror, my sword and shield
My missionaries in a foreign field

For some reason I can't explain
I know Saint Peter won't call my name
Never an honest word
But that was when I ruled the world

Oh, oh, oh, oh, oh

Hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror, my sword and shield
My missionaries in a foreign field

For some reason I can't explain
I know Saint Peter won't call my name
Never an honest word
But that was when I ruled the world

terça-feira, 5 de maio de 2009

Por que apenas 140 caracteres no Twitter?



Li no Blue Bus um artigo de Julio Hungria que explica por quê as mensagens de texto são limitadas a 160 caracteres e por quê o Twitter usa 140.
Cultura inútil para que você possa colocar em uma conversa com amigos nerds em uma mesa de bar (sim, porque "os nerds também bebem").

Você já se perguntou por que as mensagens de SMS tem no máximo 160 caracteres (algumas até menos que isso) e por que o Twitter limita em 140?
O Los Angeles Times publicou uma matéria sobre o homem que determinou o limite de 160 caracteres e como foi que ele chegou a esse número.
Se você pensa que houve uma longa e profunda pesquisa envolvendo engenheiros, está errado. O responsável por estabelecer o máximo de 160 caracteres foi o alemão Friedhelm Hillebrand, que em meados dos anos 80 era chairman de um comitê de serviços de dados na Global System for Mobile Communications, um grupo que formava parâmetros para o mercado global de comunicação mobile.
Hillebrand sentou diante de uma máquina de escrever em sua casa e datilografou uma série de frases e perguntas em uma folha de papel. Depois, contou as letras, números, pontuações e espaços. Quase todas as frases tinham uma ou duas linhas e menos de 160 caracteres. "Isso é perfeitamente suficiente" - concluiu.
No Twitter, explica o LA Times, 140 caracteres são destinados ao texto e os 20 restantes são reservados ao endereço que identifica o usuário.

Original aqui

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Música de Segunda - Legião Urbana - Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto



Legião Urbana é aquela banda dos anos 80 que tinha (um vocalista, um guitarrista e um baterista) viados, cujo vocalista acabou morrendo e todos acham hoje que ele é um poeta (digamos que consideram ele é o Ayrton Senna da música brasileira).
Entretanto, esta música acabou marcando o início da minha adolescência porque gostava de tocar ela no violão em frente à falecida Schlep! em Cachoeirinha. Quando tocávamos, vinham um monte de meninas em volta cantar, o que faz bem para o ego de qualquer adolescente.



Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só,

Porque esperar
Se podemos começar
Tudo de novo?
Agora mesmo,

A humanidade é desumana
Mas ainda temos chance,
O sol nasce pra todos,
Só não sabe quem não quer,

Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só,

Até bem pouco tempo atrás,
Poderíamos mudar o mundo,
Quem roubou nossa coragem?
Tudo é dor,
E toda dor vem do desejo,
De não sentimos dor,

Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só.

O que alguns mexicanos pensam sobre a gripe suína



Reproduzo aqui um post que vi em um blog mexicano.
Ele comenta o que eu considero uma "Teoria da Conspiração" sobre a "gripe suína". Tirem suas próprias conclusões.
O original encontra-se aqui. Há outras considerações sobre este assunto no mesmo blog, bata verificar aqui. Os textos estão em espanhol.

Influenza falso ou verdadeiro

No último dia 2 de abril, durante a reunião do G7, composto por Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Alemanha, Itália e Japão, houve 2 conclusões fundamentais:
  1. A economia mundial necessitava de uma mudança
  2. O FMI destinaria 500 milhões de dólares para ajudar as economias emergentes (países pobres dispostos a colaborar).
Logo após, haveria uma reunião privada entre o presidente americano Obama e o presidente mexicano Felipe Calderón, nos dias 16 e 17 de abril.
Surpreendentemente, no dia 23 de abril o presidente mexicano convocou uma reunião de emergência com seu gabinete, e à noite o secretário de saúde mexicano José Angel Córdoba Villalobos anunciava em rede nacional a aparição do vírus da gripe, e as medidas imediatas como a suspensão das aulas em todos os níveis na capital e no estado do México.
Em 24 de abril o G7 declarou que a economia mundial deverá melhorar este ano e que tomariam todas as ações necessárias. Finalmente, em 27 de abril a empresa farmacêutica Sanofi Aventis anuncia que aplicará 100 milhões de euros em uma nova fábrica de vacinas e doaria 236 mil doses ao México como apoio ao controle da enfermidade.
De tudo isto, vejamos o seguinte.
  1. Há mais de 2 anos a indústria farmacêutica a nível mundial tem problemas financeiros devido a baixa venda de medicamentos.
  2. Se não cria uma guerra, cria uma doença (a economia mundial deverá se por em marcha)
  3. México é o perfeito trampolim para iniciar a doença, de lá saem turistas para diferentes partes do mundo, curiosamente os países que anunciam doentes que estiveram no México, e que estão aumentando as suas barreiras sanitárias, são os países que integram o G7. O que acontecerá na semana que vêm (semana que inicia agora). Muito provável a suspensão de atividades em todas as empresas da capital e Estado do México, já que as aulas se suspenderam até o dia 6 de maio, onde o governo fará uma análise da farsa e verá o que será mais conveniente, ou a declaração tão esperada "graças às medidas que foram tomadas a tempo e ao apoio da comunidade pudemos controlar a doença"
  4. Pare para pensar sobre o que está se falando a nível internacional agora: do vírus ou da crise financeira? Isto está sendo um alívio para o Banco Mundial e para as bolsas do mundo.
Se alguém rebater que o México perderia muito com esta doença, pode ter certeza que não. Para isto é o fundo que destinou o FMI, e imagine a ganância da indústria farmacêutica a nível mundial e, como acaba de anunciar o Secretário de Economia do México, "não pararemos de combater a enfermidade por causa de dinheiro". E, por último, os empresários consideraríam isto um alívio.
A imprensa mexicana geralmente anuncia que a doença é curável e informam sobre cifras ao invés de medidas. Onde estão os mortos e onde estão concentrados os doentes?
Anexo os seguintes pontos:
  1. Se realmente é tão contagiosa, como e onde estão as famílias dos mortos?
  2. Se a gripe suína é uma mutação do vírus original dos porcos, então o início da infecção deveria ter começado no campo e não nas cidades.
  3. Por que não mostraram alguma entrevista com algum doente? (já entrevistaram familiares dizendo que seu parente está doente e que já está bom graças aos medicamentos, porém se ele esteve em contato direto com o vírus, por que o familiar não está doente ou em quarentena?
  4. Por que não informam o nome do remédio retroviral que está curando os doentes?