segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Enrolados - Filme de Animação da Disney



Sábado passado meus filhos me intimaram a ir no cinema ver Enrolados, o novo filme de animação da Disney. Claro que não foi um sacrifício fazer isto, visto que adoro filmes de animação!
Além do mais, Enrolados é o 50º filme realizado pelo estúdio de animação Disney. Desde 1937, quando foi lançado Branca de Neve e os Sete Anões, a Disney foi responsável por criar animações perfeitas, misturando competência com uma espécie de "magia".
Entretanto, desde que John Lasseter assumiu o controle da Disney Animation Studios (vindo da Pixar), parecia que estava faltando ver nos filmes o toque do contador de histórias. Algo que fez com que Toy Story, Vida de Inseto e Carros pudessem ser mais do que uma animação. Algo que trouxesse de volta a magia Disney.
Notei isto em uma cena marcante de Enrolados. Apesar de ser uma recontagem moderna de um conto de fadas conhecido (algo que já tinha sido feito em A Princesa e o Sapo), a cena onde Rapunzel encontra as lanternas foi incrivelmente bem feita. Em 3D, então, fica evidente a competência com que a Disney fez este filme.
Enfim, para quem gosta acho que vale a pena ir ao cinema (3D, por favor) para sentir o que só a Disney é capaz de fazer (mesmo com o Luciano Huck como dublador).

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Razões para Crer



Muito legal esta propaganda da Coca-Cola. Ela mostra que é possível acreditar em um mundo melhor!
Vale a pena ver!


A música é "Wharever", do Oasis, interpretada pelo coral Young People's Chorus, de NY.
Se, por acaso, alguém não sabe espanhol, abaixo a tradução:

Baseado em um estudo realizado em 2010 sobre o estado atual do mundo.
Para cada tanque que se fabrica no mundo se fabricam 131 mil brinquedos de pelúcia.
Para cada Bolsa de Valores que entra em colapso há 10 versões de "What a Wonderful World".
Para cada pessoa corrupta há 8 mil doando sangue
Para cada muro que existe se colocam 200 mil tapetes de Bem-Vindo.
Enquanto 1 cientista projeta uma arma nova há 1 milhão de mamães fazendo bolos de chocolate.
No mundo se imprime mais dinheiro de Monopoly (Banco Imobiliário) do que dólares.
Há mais vídeos divertidos na Internet que más notícias em todo o mundo.
Amor tem mais resultados (no Google) que medo.
Para cada pessoa que diz que "tudo vai ficar pior" há 100 mil casais tentando um filho.
Para cada arma que se vende no mundo 20 mil pessoas dividem uma Coca-Cola.
Há razões para crer em um mundo melhor.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

O caminho de volta pode ser doloroso!



Fui para Buenos Aires em novembro para conhecer a cidade e dar um presente de aniversário para a esposa.
Resolvemos ir na sexta-feira ao meio-dia e voltar na segunda a tarde. Um passeio apenas para conhecer.
Ficamos em um hotel bem em frente ao Obelisco da avenida 9 de Julio. Um hotel muito bom e, teoricamente, perto de tudo o que tínhamos planejado conhecer.
No sábado pela manhã fizemos um City Tour. Durante este passeio, passamos na frente do Malba (Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires).
O Malba é um museu composto por obras da coleção particular de Eduardo Constantini, um rico argentino casado com uma brasileira que pediu a ele como presente o quadro Abaporu, pintado por Tarsila do Amaral. Ele resolveu satisfazer ao capricho da esposa e arrematou o quadro em um leilão em NY por US$ 1,25M. Aliás, dizem que ele já recusou uma oferta de um grupo de empresários brasileiros que ofereceram US$ 10M pelo quadro.
Bom, contei isto porque minha esposa, após saber da história, disse que tínhamos de ir até o museu tirar uma foto do quadro, visto que minha filha de 7 anos tinha feito uma cópia do quadro no colégio.
E resolvemos caminhar até lá. Pelo caminho, passamos na livraria Ateneo e no Cemitério da Recoleta. Bons lugares para se visitar em Buenos Aires.
O fato é que, quanto mais caminhávamos, mais nos distanciávamos do hotel e, além disso, não tínhamos dinheiro suficiente a mão para o taxi da volta.
A primeira coisa que fizemos foi ir ver o quadro e tirar uma foto. Quando liguei a máquina veio uma guarda do museu gritando que não poderíamos tirar fotos do quadro. Fingi que não entendia espanhol e tirei assim mesmo (mode brazilian on). Segue a foto abaixo.


O problema é estávamos cansados prá caramba. Tá certo que já existe taxi que aceita cartão em Buenos Aires, mas não achávamos nenhum. Logo, poderíamos escolher entre caminhar 1km até a estação de metrô ou caminhar novamente os 5,5 Km que já tínhamos feito. Obviamente optamos pelo segundo, o que nos ajudou a conhecer o Subte de Buenos Aires.
Mas fica a dica: cuide-se para não se afastar tanto do local que é foco para você. O caminho de volta pode ser doloroso!

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Previsões para o Mercado de Redes Sociais em 2011



Li hoje no Mashable, um site de notícias que mostra o que está acontecendo no mercado da Internet (resumindo muito) algumas previsões sobre o mercado de Redes Sociais que acho que podem se concretizar. Reproduzirei um pouco delas abaixo:

  • Previsões para Redes Sociais:
    • Esforços de uma rede social do Google irão fracassar
    • Um "medíocre" MySpace será vendido
    • Facebook não irá fazer seu IPO (venda pública de ações)
    • Twitter ficará "chato"
    • As fotos mobile terão um crescimento

Acho meio estranho este negócio de previsões. Há um tempo atrás (lá por junho/2010), um colega chegou para mim e perguntou: "Que Rede Social vai estar no topo em 2012?".
Após pensar um pouco e dizer um "Difícil prever isto", fiquei uns dias pensando e apostei minhas fichas que possivelmente o Facebook seria a rede social dominante no ano da Olimpíada!
Previsões geralmente são difíceis de fazer. Isto porque ninguém gosta de errar uma previsão. Além disso, tentamos sempre basear a nossa previsão em um mínimo de racionalidade e no que desejamos que aconteça. O pior é que, geralmente, a nossa razão vai contra aos nossos desejos, e previsões que não atendam aos nossos desejos são um pouco frustrantes.