sexta-feira, 30 de outubro de 2009

25 coisas para o fã de futebol fazer antes de morrer



Uma notícia no Terra lista 25 coisas para um fã de futebol fazer antes de morrer (leia completa aqui).
Esta lista está dividida em coisas para torcedores moderados, médios ou fanáticos.
Meus comentários sobre esta lista:

Para torcedores moderados
  • Visitar Pelotas em dia de clássico Bra-Pel. Apesar da rivalidade, dispenso esta. Dizem que é o clássico mais colorido do Brasil.
  • Ir ao Mineirão e degustar um tropeiro. Tropeiro que eles falam não é um peão e, sim, um prato típico mineiro. Nunca fui a Minas Gerais. Mas quando (se) for dou uma experimentada nesta.
  • Passar pelo Viajandão e ver Romário, Edmundo ou Renato Gaúcho jogando futevôlei. Também não fui ao Rio de Janeiro, mas é outra legal de se fazer.
  • Frequentar o Canindé em dia de Festa Junina da Portuguesa. Isto deve ser uma furada sem tamanho! Não gosto muito de festas juninas.
  • Conversar sobre o passado com o jornalista Luiz Mendes. Grande jornalista gaúcho (mas que se bandeou para São Paulo). Acho que esta não conseguirei fazer.
  • Entoar o hino cômico do XV de Piracicaba. Acho que vou colocar isto em uma "Música de Segunda"!
  • Se infiltrar na Turma do Amendoim no Palestra Itália. Talvez um dia.
  • Frequentar o Museu do Futebol no Pacaembu. Uma boa idéia na próxima vez que for a São Paulo.
Para um fã médio:

  • Pegar condução lotada com torcedores de seu time. Já fiz isto várias vezes!
  • Pegar condução lotada com torcedores de outro time. Já fiz isto também, voltando de GREnal no estádio do aterro.
  • Assistir a um jogo grudado no alambrado e xingar o bandeirinha por todo o tempo. Já fiz isto uma vez em São José/POA x Grêmio pelo Gauchão, no estádio do zequinha.
  • Vestir uma máscara ou fantasia nas arquibancadas do Maracanã. Não, isto não farei.
  • Jogar pó de arroz com a torcida do Fluminense. Acho que não poderei fazer isto pois o Fluminense deve ser rebaixado para não voltar mais.
  • Comprar sua própria corneta e assoprá-la durante um jogo no Machadão. Não, isto também não.
  • Acompanhar a torcida do Sport em um "cazá cazá". Quando for em um jogo do Sport, faço esta.
  • Ir até Caxias do Sul e assistir a um jogo do Juventude no meio da neblina. Sim, já fiz isto. Realmente não tem como ver nem a linha lateral em um jogo com neblina no Jaconi.

Para um completamente fanático:


  • Acompanhar a geral do Grêmio e descer as arquibancadas correndo depois de um gol. Sim, fiz isto várias vezes. Ainda não caí!
  • Completar um álbum de figurinhas de futebol sem fazer encomendas pelo correio. Completei o álbum da Copa União de 1989.
  • Subir o túnel de acesso ao gramado antes de um grande clássico com os jogadores do seu time. Possivelmente não farei isto, mas ainda levo as crianças para entrar com o time.
  • Ser coberto por um bandeirão de torcida organizada. Algumas vezes.
  • Cortar o cabelo na barbearia do Seu Didi, cabelereiro do Pelé. E eu lá sei quem é o cabelereiro do Pelé?! Se for para ficar com um cabelo igual ao dele, dispenso.
  • Subir em uma árvore, laje, morro ou prédio e ver um jogo qualquer de forma "clandestina". Vale via internet, em canais piratas?
  • Conhecer o time de índios que disputa a segunda divisão do Campeonato Paraense. Dispenso!
  • Viajar no mesmo avião em que estão os jogadores de seu time. Ainda não tive esta oportunidade, quem sabe nas próximas viagens!
Postar um comentário