segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Diário de San Francisco (V) - Monterey



Oceano Pacífico

Uma das coisas que sempre tive vontade de conhecer foi o Oceano Pacífico. Alguns podem dizer que é frescura, mas é uma curiosidade de criança: ver o outro oceano que banha a América. Finalmente, pude conhecê-lo hoje. Nada de mais, mas achei uma coisa legal. A próxima etapa destes desafios marítimos será conhecer o outro lado do Atlântico.
Conheci na viagem de San Francisco à Monterey. Resolvemos fazer o caminho por fora da auto-estrada e pegamos a rodovia 1. Guardando as proporções, seria como ir a Tramandaí pela RS-030 (via Santo Antônio).
Estrada muito bonita, apesar de ser mais longa. Pena que o tempo estava nublado e não ajudou muito, mas mesmo assim creio que valeu a pena.

Monterey

Monterey é uma baía da Califórnia ao Sul de San Francisco. Uma típica cidade do interior, com um belo centro em volta da Cannery Row str. Fomos para lá para conhecer o Monterey Bay Aquarium. Um grande "museu" oceânico com vários aquários contendo todos os tipos de peixes imagináveis, marmotas, tubarões, arraias, pinguins, jellys (águas-vivas), entre outros. Se um dia tiverem a oportunidade, não percam. Tem atrações tanto para adultos como para as crianças (meus filhos iriam adorar) e com certeza vale cada minuto.
Foi em Monterey que, pela primeira vez, me senti um pouco mais perto de casa. Primeiramente, no restaurante, um americano nos perguntou se éramos gaúchos (reconheceu a camiseta e a jaqueta do Imortal Tricolor), pois ele tinha morado um tempo em Porto Alegre. Depois encontrei no Aquarium um casal de Caxias do Sul. Ou seja, são os Gaúchos dominando o Mundo.
Segue uma colagem de fotos do aquário e de Monterey:



Dirigindo com Chuva

O ruim na volta de Monterey foi a chuva. Pegamos uma chuva infernal e a estrada não ajudou. Confesso que muitas vezes tive de reduzir bastante a velocidade, em uma estradinha cheia de curvas (a que dá acesso de Sunnyville à 101). Difícil, mas chegamos todos bem.

Sobre o resto da semana

Bom, o fim-de-semana acabou e amanhã terei de trabalhar. Ou seja, de amanhã à sexta o roteiro possivelmente será: acordar, trabalhar, almoçar, jantar. O Rudá já me pediu e irei fazer alguns posts sobre a maneira de trabalho daqui. Caso tenha algo a mais sobre o meu dia (os almoços e as jantas), irei citar por aqui, OK?

P.S.: sobre pedidos e encomendas

Sem querer ser grosseiro, mas já sendo, apenas um aviso às vááááááárias pessoas que me pediram encomendas daqui dos Estados Unidos: as únicas pessoas para quem eu levarei alguma coisa serão as da minha família. Para qualquer outra pessoa peço desculpas, mas não vou ficar passando na alfândega para declarar compras acima da quota permitida pela Receita Federal brasileira, uma vez que já fechei minha quota de compras por aqui. Espero que compreendam
Postar um comentário